Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

«Independentes de "Por Beja com Todos" apresentam 10 medidas para os primeiros 100 dias de mandato»

Uma avaliação externa às contas da Câmara e das empresas municipais de Beja é uma das dez medidas que o candidato do movimento independente à presidência da autarquia prometeu hoje cumprir nos primeiros 100 dias de mandato.

"Seria importante haver uma avaliação externa às contas da câmara e das empresas municipais de Beja logo no início do mandato", feita por uma empresa e acompanhada por uma equipa representante dos eleitos no executivo, disse hoje à agência Lusa o candidato do movimento "Por Beja com todos", José Lopes Guerreiro.

O candidato, antigo militante e autarca comunista, falava à margem de uma conferência de imprensa, em Beja, que serviu para o movimento apresentar o seu programa eleitoral para a corrida à liderança da Câmara de Beja, no âmbito das autárquicas do próximo dia 29.

"Uma avaliação externa às contas da câmara e das empresas municipais devia ser uma prática corrente no início de cada mandato para que se soubesse com que base financeira um novo executivo inicia o mandato", defendeu, frisando que tal "evitaria" o que aconteceu na Câmara de Beja no atual mandato.

As duas forças políticas representadas no executivo da Câmara de Beja (o PS, que conquistou a autarquia em 2009 e lidera o executivo, e a CDU, que perdeu o município e está na oposição) "passaram o atual mandato a digladiaram-se sobre as contas e as dívidas da autarquia, apresentando números diferentes, e ainda hoje ninguém sabe, com garantia, quais são, de facto, os valores em causa", disse.

Criar uma rede de refeitórios sociais e apoios domiciliários, elaborar um programa de manutenção, reparação e melhoria da rede viária e reforçar o apoio ao movimento associativo e às freguesias do concelho de Beja são outras das medidas que José Lopes Guerreiro prometeu cumprir nos primeiros 100 dias de mandato.

(LUSA)

A Cinco Tons

Comentários recentes

  • José Filipe Murteira

    Excerto do despacho : " Pretender amordaçar a libe...

  • Anónimo

    http://www.pracadarepublicaembeja.net/2019/09/a-mi...

  • José Filipe Murteira

    Numa altura em que a vida política está toda (ou n...

  • Anónimo

    Quanto às 3 ou 4 capas do DA, ninguém tem a mínima...

  • Anónimo

    Marretas são aqueles que não querem ver o que de f...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.