Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

10 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.08.2013

    Anonimo das 10h00
    Tem algum problema ser empregado da caixa agricola? pelo menos tem currículo fora da politica já esse dr penetra que defendes de dentes cerrados que raio fez para alem da politica?
    Falas ai dos homens do betão e bem que devem ser lembrados, pois o povo de viana não se irá esquecer deles tão depressa, sabes porque fugiram de viana, não foi por vergonha pois isso é coisa que não têm, foi por medo que algum dia algum vianejo a quem devem muito dinheiro se passe da caixa dos pirolitos e lhes pregue uma valente surra.
    Quanto à politica social deste executivo só te digo que fizeram mais num mês que os outros em 30 anos.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.08.2013

    O problema não é ser empregado da caixa, é usar o lugar na câmara para favorecer a sua entidade patronal.
    E o outro problema é a sua parvoíce, ao fazer uma afirmação como a que está na sua ultima frase. Qualquer ponta de credibilidade que pretendesse ter até ai, com a ultima borrou a opa toda.
    Não defendo o Penetra com unha e dentes, mas o currículo do homem está escrito e já tinha feito muita coisa antes da politica.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.08.2013

    Desemprego foi aquilo que os Cavaleiros do Betão e os seus mandatários,Penetras e outros, andaram a promover anos a fio no concelho de Viana. Exemplo disso foi a troca da Fratejo por uma urbanização ilegal. Bastava o Penetra e o Estêvão terem dito que não ao negócio da urbanização - era o que tinham que dizer já que se tratava/trata de um terreno indústrial - para viabilizar a compra pelo outro interessado da área das rações, que queria retomar a produção. Essas e outras, como as quintinhas, colocaram a Judiciária à perna destes senhores. Isso se calhar não nos dá mau nome? Como é que estas pessoa que viraram as costas ao concelho teem cara para se voltarem a candidatar? Quando começou o "Foi a CDU, foi a CDU", laboravam em Viana metalomecânicas, pedreiras, lagares de azeite, o pequeno comércia era dinâmico e florescente. Tinhamos menos betão mas tinhamos economia. Os autarcas, irresponsáveis, deixaramcentros das povoações a apodrecer. Os Cavaleiros do Betão enriqueceram a vender casas a toda a gente. Casa caras e de má qualidade. Agora as pessoas teem de emigrar para pagar aquilo de que não precisavam e que não vale metade do que vão pagar, durante mais de quarenta anos. Como é que ainda teem coragem de vir falar das pessoas que vocês próprios entalaram? Quem vos mandatou?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.08.2013

    Sempre a bendita judiciaria. Quando tudo estiver arrumado e arquivado, como a maioria das parvoíces que vocês inventaram já foram, ainda estas almas penadas vão andar por aqui a entreter as lesmas.
    Está hoje bem claro para a maioria das pessoas como foram inventados os processos para servirem os interesses eleitorais do PS em viana. Mas vão chegar ao fim mais cedo ou mais tarde e vão ser coisa nenhuma, porque não pode ser de outra forma.
    Sempre a falarem dos outros para não falarem de vocês.
    Acordem, estão na câmara há 4 anos e são agora vocês os responsáveis.

    Com o PS na Câmara de viana o desemprego subiu no concelho, aumentou a emigração dos nossos jovens e menos jovens.
    A pobreza instalou-se, as promessas eleitorais não foram cumpridas, foram e são distribuídos taxos para os amigos e amigas, as bengalettes são mais que muitas e a sempre presente caixa agrícola a patrocinar forte e feio. Uma mão lava a outra.
    Em média um arquiteto na Câmara licencia 4 (QUATRO) processos por ano e mesmo assim chega a demorar 4 e 5 meses para autorizarem a fazer uma bodega qualquer. Vão mas é desmatar o são vicente.
    O Ps e o bengalinha foram a maior desilusão, são um erro.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.08.2013

    Peço desculpa ao pessoal de Alvito, mas até finais de Setembro tem que ser. Afinal o nosso candidato Penetra é o vosso presidente Penetra.

    Fala-se da Judiciária porque ela ainda aí anda. E se anda por aí é porque alguma coisa há, que eles têm mais que fazer que perderem tempo. E não são mentiras são ilegalidades a rodos então no caso das quintinhas é por demais. Claro que dava jeito ao senhor Penetra e a mais uns quantos voltarem à câmara para gerirem a sua condição de arguidos por dentro. E os responsáveis são as pessoas que cometeram os crimes, não são os que lá estão agora.

    É verdade que durante os últimos quatro anos o desemprego subiu no concelho de Viana, tal como em todo o Portugal, na Europa etc. Mas aqui ninguém foi para os jornais e televisão mentir descaradamente a dizer que tinha acabado com o desemprego. Ai não estavam a mentir? Está bem, foi só incompetência!

    Senhor Penetra, pode continuar a atirar a bola para as pitas, mas a verdade é que neste mandato fez-se no concelho de Viana mais 50% de investimento do que no mandato anterior. E isto em tempos de vacas esqueléticas. E o senhor, com toda a sua sapiência, fez o quê em Alvito. É que por mais que tente desviar a atenção das pessoas com a vitimização, com os PS e as CDU e porras do género, a verdade é que nas autárquicas é principalmente nas pessoas que o eleitorado vota. Por isso senhor Penetra o que o povo vai fazer é avaliar o que foi feito nos últimos quatro ano, por si, no concelho de Alvito, e o que foi feito por Bengalinha Pinto, no mesmo período de tempo, em Viana.

    E por favor, você que disse querer uma campanha limpa e agora se esconde atrás do anonimato, pelo menos respeite os seus adversários e escreva o nome de Bengalinha Pinto como deve ser.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 25.08.2013

    Obra feita com o dinheiro, projetos e candidaturas da CDU, não sejas alarve.
    Até agora as tuas obras VÃO SER as que o governo não quer fazer e as empurra para a câmara.
    Se ganhares, vamos ver o próximo mandato, vai ser nada de nada, que é tudo quanto tens dentro da cabeça.
    Há duvidas?
    Lê os balancetes da Câmara, quando saiu a CDU para ver o dinheiro que havia.
    Quanto ao desemprego, em Viana não é igual ao resto do País, mas essas são as verdades que não queres ver.
    O ps e o bengalinha estão a afundar viana.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 25.08.2013

    Olhe que não, olhe que não. Por muito jeito que lhe dê, não basta repetir uma afirmação até à exaustão para que ela se transforme em verdade. E se é verdade que, segundo dizem, havia dois ou três projectos suficientemente bem elaborados e maduros para execução - o seu a seu dono - já o do Centro Escolar necessitou de ser com refeito, e o do Centro Histórico pura e simplesmente não existia. Deste último a única coisa existente era o desenho que estava naqueles painéis que os seus candidatos andaram, em desespero de causa a plantar, quinze dias antes das eleições. Estes são dois exemplos, outros haveria. E há aqui que falar também do Multiusos de Aguiar que está pronto para concorrer a financiamento e o Paço dos Henriques que já saiu no Diário da República, etc., etc.

    Parte do dinheiro que havia nos balancetes da câmara, como diz, foi para pagar as dívidas que lá deixaram, que as havia, mas isso você não diz. Esse dinheiro, mais o milhão e tal que o Bengalinha foi buscar, foi para investimentos. Se se pagam contas e as obras aparecem, o dinheiro tem de vir de algum lado. E repara, não era dinheiro da CDU, era dinheiro seu, meu, dos contribuintes de todo o País, muito importante não esquecer isso. Mesmo assim, a autarquia de Viana é, ao nível do País, uma das que está em melhor situação económica, como aliás vinha à bem pouco tempo escrito no Correio da Manhã. É obra, até porque neste mandato, em contra corrente, houve mais de cinquenta por cento de investimento que no mandato anterior. Agora imagine só como seria o nosso Concelho actualmente, se esta equipa tivesse estado ao leme do barco durante todos aqueles anos em que houve dinheiro com fartura.

    “As obras que o governo não quer fazer”, refere-se naturalmente ao Paço dos Henriques que os ídolos com pés de barro andaram anos e anos a reivindicar mas sempre com vontade nenhuma de concretizar. Pois é, esta equipa coloca os interesses do concelho à frente de quaisquer directivas que venha de Lisboa - com a CDU aparentemente não é assim. Digo aparentemente porque o seu Penetra faz o contrário dessa orientação do PCP. Quando o partido é liminarmente contra as esmolas e a substituição papel do Estado por outros agentes, o seu amigo Penetra é useiro e vezeiro a fazê-lo. Ainda há pouco teve em Alcáçovas de entregar à Misericórdia uma dessas suas bem pensadas realizações, sob pena do projecto falir e os funcionários irem para o desemprego.

    Repare que, indo ao encontro da tal campanha limpa que o seu candidato tanto recomenda, consegui responder ao seu comentário sem lhe chamar alarve, ofender qualquer candidato escrevendo o seu nome com minúsculas, ou qualquer outra ofensa do género. É bonito, não é?

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 25.08.2013

    É lindo, esta sua resposta devia figurar no top das boas respostas. Não é verdadeira, mas é uma boa resposta.
    Alteração do projeto da escola. Basicamente, a alteração foi fazer um túnel(???) por baixo do acesso dos carros ao interior da escola. Com isso quanto mais custou a execução da obra?
    O projeto do Centro histórico foi feito pala equipa projetista escolhida pelo anterior executivo e tem exatamente a abrangência definida pelo anterior executivo. A diferença, é que o PS partiu o projeto em dois, está a executar a 1ª fase como lhe chamaram e a 2ª provavelmente nunca mais vai aparecer. Ou seja, a intervenção deste executivo neste projeto foi partir em 2.
    O multiusos de aguiar é uma tentativa de fazer esquecer que os Aguiarenses querem um pavilhão desportivo, que o PS disse que o iria fazer e até já tinha negociado um terreno junto ao campo de futebol para o efeito. Afinal agora querem fazer um barracão num terreno adquirido pela cdu e que o PS disse que não servia para nada.
    O Paço dos Henriques e o posto da GNR, é a prova que esta câmara anda de chapéu ( ou calças) na mão perante o governo.
    É escandaloso a câmara fazer estas obras e pagar do dinheiro que deveria gastar a executar as suas competências.
    Em 1989/2003 a Câmara PS aceitou a responsabilidade de tratar da maioria das estradas do concelho de viana, vergou-se perante o governo e ainda hoje pagamos isso com um palmo de língua de fora.
    O paço dos Henriques e o posto da GNR vão ser outros elefantes brancos que o governo volta a enfiar ao PS na câmara de viana. Mais uma vez quem vier atrás que feche a porta, estes já lá não irão estar.
    Estão sempre a falar no "milhão e tal que o bengalinha foi buscar". Esse dinheiro corresponde a uma candidatura feita pela CDU para financiar a obra das Piscinas em Alcáçovas que o PS nunca quis, nunca faria, e que se limitou a acabar e a cortar a fita.
    O dinheiro não foi o bengalinha que foi buscar. Houve obra ouve candidatura (tudo feito pela CDU e como parece ser pessoa bem informada não terá dificuldade em confirmar isto) e o projeto foi aprovado. Quando o dinheiro veio já o Ps estava na Câmara. Apenas isso.
    Apesar da gestão que o PS tem feito, a autarquia de Viana ainda é uma das melhores colocadas no País, apesar de estar muito pior do que estava em 2009 mas mesmo assim em boa posição.
    Por fim os mais 50% de investimento. Dizer repetidamente isto sem referir de que investimento está a falar ( dê nome aos projetos), sem referir as datas das suas candidaturas a fundos comunitários para que todos possam perceber quem as fez e sem referir quanto custaram, é uma informação desleal e desonesta. O Ps apanhou o barco em andamento e demorou um mandato inteiro para fazer o que a cdu teria feito em 2 anos. O melhor exemplo é o centro escolar que deve ser inaugurado agora antes das eleições mas que tem mais de um ano de atraso, provavelmente para servir os calendários eleitorais. Isto tem custos e muitos. Fiscalizações, revisões de preços e por ai fora. Não deviam assumir alguma responsabilidade nisto? Não, isso é coisas para os outros.
    Entre compadres, a expressão alarve não pretende ser ofensiva, a não ser que se esteja a armar em "virgem ofendida", expressão que não é minha, estou apenas a citar o facebook do bengalinha.
    Como vê, alarveirices de fora, afinal você sabe muita coisa que não diz porque não lhe convém.
    Faça o exercício de mostrar os nomes e as datas de candidatura dos projetos deste mandato e quando falar em investimento "deste mandato", verá números muito diferentes daqueles que gostaria de ver.
    As minúsculas são uma deformação, provavelmente do novo acordo ortográfico. Se até isso ofende então o bengalinha abriu a caixa de pandora, e anda para ai uma legião de virgens.
    Escrevi muito mais do que gosto mas para si, com consideração pela amabilidade que teve para comigo, abri uma exceção (esta sem p nem parece a mesma coisa, maldito acordo).
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 27.08.2013

    Penetra Demagógico @ 25 de Agosto de 2013 às 22:15

    Já estou em condições de lhe responder que foram tantas as alterações ao projecto do Centro Escolar que foi de facto mandado executar de novo. Veja só que no projecto o edifício era em L mas, por força das várias valências que lhe foram acrescentadas, passou a ser em U. É certo que havia uma reserva para financiamento da construção da escola, mas a candidatura já é feita por este executivo. De notar que foi recusado, por parte do programa financiador, o pagamento do primeiro projecto. Pormenores e detalhes, é fazer como eu, vá à câmara e fale com quem de direito para se informar.

    No que toca ao Centro Histórico fui informado que efectivamente, a única coisa que havia era aqueles desenhos nuns cartazes que, em desespero de causa andaram a espalhar por Viana. Só se começaram a mexer quando perceber que a coisa estava feia.Nem sequer havia nenhum contrato feito para a execução do projecto, quanto mais da obra. De sublinhar mais uma vez que como está em acta da câmara, a intenção de pavimentar as ruas, nada mais. Claro que assim não seria necessário dividir a obra em duas fases. Portanto, projecto, candidatura e obra deste executivo. Mais, apercebendo-se que havia reais possibilidades de perderem as eleições, deixaram caducar intencionalmente um empréstimo bancário que tinham feito para, dificultarem ao máximo a vida de que viesse depois deles. Os interesses da comunidade sempre secundarizado aos seus interesses políticos.

    Refere que o projectista é o mesmo. É verdade, esta equipa considerou que a equipa tinha qualidade para trabalhar na execução dos projectos. Também aqui se vê a inteligência e pragmatismo na gestão da coisa comum. Ao contrário de outros que pura e simplesmente fazem tábua rasa de tudo o que encontram para trás, aqueles que querem fazer crer que o Mundo só começou no dia em que eles apareceram, esta equipa, de forma racional, separou o trigo do joio e aproveitou o que era de aproveitar. Isso é que é de gente inteira, os resultados estão à vista!

    O Concelho de Viana Primeiro
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.