Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

E onde ficam os interesses de Portugal e dos portugueses?

As incompatibilidades insanáveis de Paulo Portas com a nóvel ministra das Finanças e a sua irrevogável decisão de se demitir do governo deixaram de o ser com a sua posição reforçada no governo e mais alguns lugares e poderes. 

Pelos vistos a crise não era política e institucional mas de distribuição de lugares e poderes no governo.  

O circo que se cuide! Depois das palhaçadas, eis as trampolinices, os equilibrismos, as cambalhotas à rectaguarda, os ilusionismos, dos líderes do governo, do PSD e CDS, com as respectivas direcções partidárias e o PR a participarem activamente e a dar-lhes total cobertura... 

Se a intenção foi descridibilizar por completo a política e os políticos, evidenciar o que preocupa e move esta gente, estão de parabéns, porque dificilmente consegiriam alcançar melhores resultados. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • João Espinho

    @Anónimo 18:49 - isso é um desejo seu, não?

  • Anónimo

    O mais doce,aquele que mais têm contribuído para a...

  • Anónimo

    Até pode acontecer que o BE seja o terceiro partid...

  • Munhoz Frade

    Associo-me ao Lopes Guerreiro no seu lamento. Part...

  • João Espinho

    Ora bem. Pessoa amiga, entendida no método de Hond...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds