Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

As alcunhas

Zé LG, 02.10.06

A Colares Editora tem vindo a editar uma colecção de livros sobre gastronomia da autoria da Arq.tª Maria Antónia Goes.

O "Cozinha Tradicional do Alentejo - a memória dos temperos" divide-se em duas partes: "Alentejo, de cama, mesa e roupa lavada" e "Receitas".

A primeira parte contém um conjunto de textos sobre produtos e actividades rurais mas também sobre os hábitos e costumes das gentes de Alvito.

Pelo interesse que pode despertar, escolhi o texto sobre as alcunhas, que a seguir transcrevo:

 

As alcunhas

Raramente alguém é conhecido no Alentejo pelo nome próprio!

Só de cabeça e na região de Alvito, posso citar umas dezenas de alcunhas.

A taberna do Caga na Lata, a horta do Vaca é Minha ou a horta do Cadelo, a loja do Má Governo, a loja do Rato, o Gasolina e o Zé Petróleo, o Pardal Maluco, o Ciclone, os meus vizinhos Papa Latinhas, o Papo Seco, os Milhanos que eram sapateiros, o mestre Augusto Maricas que era mestre da música e que não era nada maricas, o Tás Parvo, o Coruja que era barbeiro, o mestre Zé da Casa da Farinha, o Cuecas que era dono de uma taberna no Rossio, o Galego e o Espanhol, o Baioneta e o Vinegre, que era algarvio e não dizia vinagre, o Afogadinho que tinha um carro de canudo para ir buscar as pessoas à estação de Alvito, os Barrelas, o Carocho que era filho da Carocha, o Formiga, o Chico Sem Medo, o Saraça que era caiador e meu grande amigo, o Charneco que apregoava em Alvito, o Cuba que era da Cuba, o Abelho que é filho do Cuba, a Latestóia, o Papa Feijão, o Sarilho, o Ti Restolho, o Fralda, o Palaloca, o Staline, que era parecidíssimo com o homónimo, o Chibinho, o cigano Rasga a Nota, o Manita de Gansa, o Garrocho, o João das Bonecas, o Retratista, o Bucha, a Macaca, e fico-me por aqui!

 

2 comentários

Comentar alvitre