Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Processo arquivado

O processo que me foi instaurado há meses (ver alvitre de 16.02.06) por ter autorizado, quando fui presidente da Câmara Municipal de Alvito, o pagamento de trabalho extraordinário para além dos limites fixados na lei, foi arquivado pelo Ministério Público.

No processo pode-se ler que "a factualidade suficientemente indiciada não permite imputar qualquer crime aos arguidos" e "no caso dos autos, não existem quaisquer meios de prova objectivos que relacionados de uma forma lógica permitam a imputação dos crimes e desse modo antever a condenação en sede de julgamento".

3 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Bem, quer reparou como vinham vestidos e calçados ...

  • Anónimo

    Os alentejanos são RACISTAS nas atitudes por muito...

  • Anónimo

    Disparates de quem não entende nadinha da matéria!...

  • Vitor Paixão

    "Para Telma Guerreiro “é importante que a tutela t...

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.