Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Até amanhã Camarada João Honrado!

Morreu esta sexta-feira, no Hospital de Beja, João António Honrado, de 84 anos, natural de Ferreira do Alentejo. O corpo está em câmara-ardente na Casa Mortuária, junto ao Cemitério de Beja e o funeral sairá amanhã pela 15 horas para o crematório de Ferreira do Alentejo.

Conhecido e respeitado militante comunista, João Honrado desde muito jovem iniciou a sua actividade política no MUD Juvenil. Esteve durante vários anos na clandestinidade e preso.

Após o 25 de Abril, integrou a Comissão de Extinção da ex-PIDE/DGS. Foi deputado na Assembleia da República, presidente da Assembleia Municipal de Beja e, enquanto tal, um dos intervenientes no processo de compra e recuperação do "Diário do Alentejo" por parte da Associação de Municípios do Distrito de Beja, cuja criação dinamizou. Dinamizou igualmente a criação da Cooperativa Cultural Alentejana, proprietária do Alentejo Popular. Deixa também obra escrita. “Textos Alentejanos” e “Crónicas de Dizer Alentejo” são alguns dos livros que publicou. Desempenhou ainda muitos outros cargos, designadamente no seu partido, o PCP, a quem dedicou toda a sua vida.

João Honrado era um Homem bom, generoso, tolerante, de convicções firmes, teimoso, totalmente dedicado ao seu Povo e aos ideais em que acreditava. Era um verdadeiro Camarada, na mais bela e completa acepção da palavra. Tive o privilégio de ser seu camarada e amigo.

À família enlutada, especialmente à viúva, a minha querida amiga Alice, apresento os meus sentidos pêsames e um abraço de solidariedade.

4 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

  • Anónimo

    Factos são factos. Palavras para quê??!

  • Anónimo

    "os filhos da casa" vão resolver o assunto!...o qu...

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.