Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

É para todos. Eu também faço.

Zé LG Zé LG, 13.11.12

Todos na Greve Geral
No dia da Greve Geral, nas principais cidades do país, vão realizar-se concentrações e outras iniciativas onde todos - trabalhadores, reformados, desempregados, etc. - pode manifestar o seu protesto.

Muitas são as razões para TODOS fazermos GREVE GERAL no próximo dia 14 de Novembro.
TODOS têm direito a manifestar o seu protesto, a sua indignação, a sua revolta.
TODOS seremos sempre poucos para lutar contra a brutalidade que se está a abater sobre os trabalhadores e o povo português.
TU que sempre trabalhaste;
TU que sempre ajudaste a construir o teu país;
TU que sempre te empenhaste no seu desenvolvimento;
TU que nunca o abandonaste, mesmo quando a necessidade te levou para fora;
TU que sempre acreditaste.
TU que hoje estás reformado;
TU que hoje, por força destas políticas, estás desempregado;
TU que hoje, graças a estas opções, não encontras trabalho; TU que hoje voltas a emigrar;
TU que simplesmente estás solidário.
TODOS nós podemos e devemos estar juntos na indignação. Pela construção de um futuro melhor.

  • Beja Junto da Casa da Cultura 15:00 Concentração

6 comentários

  • Sem imagem de perfil

    não acredito em greves 13.11.2012

    Faz lembrar o manca, que incita os seus subordinados a fazerem greve e ele mete um dia de férias ou aproveita para gozar uma folga, esperto. Foi sindicalista, sabe como se faz. É um raposão.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 13.11.2012

    E o burro sou eu? E o burro sou eu??????
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 13.11.2012

    Seria bom que na CMA muitos fizessem greve, pois já viram quanto dinheiro se poupava? Estar aberta ou fechada, a produtividade é a mesma, e quanto dinheiro se poupa? O Estado agradecia que as câmaras deste país tivessem uma adesão de 80% ou mais, mas infelizmente tal não irá acontecer.
    Em vez da greve seria mais útil uma manifestação ou várias, pois tal teria mais impacto e peso, que faria ver ao governo as más politicas que está a seguir e que estão a sufocar os portugueses. Hoje, fazer uma greve e descontar dinheiro num ordenado já baixo, quando já existe bastante falta dele é contraproducente...
  • Sem imagem de perfil

    gre-viste-alvito 14.11.2012

    Ah pois é, os executivos é igual, ontem o vereador do alvito indiciava que estava com a greve, normalmente até vai para a manif, mas no que respeita ao desconto do dia para ele não existe, isto é, vai para a manif, com os totós que perdem um dia de vencimento, e eu recebo o meu por inteiro, Estes comunistas .... profissionais da mama.
  • Sem imagem de perfil

    M Santos 14.11.2012

    As greves nestes tempos de crise e de bancarrota do Estado, são de facto muito dificeis de explicar.
    As greves deveriam ser o último recurso para reivindicar direitos.
    Ora se quem os detem, o Estado, está na falência. De que serve fazer greve?

    Óbviamente que há quem esteja bem e não abdique das suas regalias. E não há crise nem bancarrota que os demova.
    Mas quem são esses?
    Os capitalistas e os banqueiros?
    Os gestores de empresas privadas e ... das públicas?
    Os membros do Governo?
    Os altos quadros do Estado, como os do Banco de Portugal?
    Os deputados? Os do poder e da oposição? Veja-se o caso do deputado Zorrinho e os BMW/Audis. E que se saiba ainda nenhum deputado do BE se esqueceu de levantar o seu vencimento ou qualquer das regalias de aufere.
    Os Presidentes das Câmaras e respectivos Vereadores, Acessores, Chefes de Gabinete, etc..? E aqui também vale para todos os partidos, pois que se saiba ainda nenhum deixou de levantar o seu vencimento por inteiro, andar no carro de serviço, respectivas ajudas de custo e outras mordomias.
    Ou quem trabalhou uma vida inteira, e em vez de gastar o seu dinheiro em obras megalómanas e sem rentabilidade como os sucessivos governos deste país e a maioria esmagadora das autarquias, o investiu ou amealhou?
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.