Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“Há muita pobreza escondida” e «o pior está para vir», afirma a Unicef

Quase um terço das crianças portuguesas tem carências e 15% vive mesmo em pobreza relativa. Cerca de 27% das crianças portuguesas sofrem algum tipo de privação, colocando Portugal em 25º lugar no grupo de 29 países europeus analisados pelo estudo, da Unicef, “Medir a pobreza infantil – novas tabelas da pobreza infantil nos países ricos”.

Contudo, «é claro que o pior está para vir», pode ler-se no estudo. Isto porque estes dados remontam a 2009, não refletindo ainda a expressão mais severa da crise. O relatório apresenta também uma previsão de crescimento da pobreza relativa (24%) e absoluta (23%) até 2020, o que significa «um retrocesso até à pobreza infantil relativa de há 20 anos».

2 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Por falar em Grândola... foi esta semana notícia u...

  • Anónimo

    Sobretudo porque os eleitos locais não defendem qu...

  • Munhoz Frade

    O que repetidamente entre nós se assiste é sintoma...

  • Anónimo

    Mas é que não tenhas a minima dúvida.Está tudo pre...

  • Anónimo

    Isso ainda também se esfuma...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.