Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

O dever tem muita força

Parece que tenho uma certa propensão para tentar fazer a quadratura do círculo e para missões impossíveis. Talvez tenha sido por isso que há já um bom par de anos participei, enquanto presidente da AMDB, numa estrutura informal – o CEBAL (Conselho Económico do Baixo Alentejo) -, que reuniu pessoas que parecia ser impossível de reunir e deu alguns bons frutos e, depois, fui candidato à Câmara de Alvito. E quanto mais me tentam mostrar a impossibilidade de uma ou de outra dessas situações mais me deixo envolver e me empenho nelas. Julgo que isso tem a ver com o meu elevado sentido do dever. Para mim, o dever tem muita força, é uma grande mola impulsionadora.

8 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • José Filipe Murteira

    Excerto do despacho : " Pretender amordaçar a libe...

  • Anónimo

    http://www.pracadarepublicaembeja.net/2019/09/a-mi...

  • José Filipe Murteira

    Numa altura em que a vida política está toda (ou n...

  • Anónimo

    Quanto às 3 ou 4 capas do DA, ninguém tem a mínima...

  • Anónimo

    Marretas são aqueles que não querem ver o que de f...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.