Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Posição do Movimento BAAL 21 sobre o PNPOT

Zé LG, 11.08.06

– É inaceitável que um programa a 15 anos, 2006/2020, aponte como resultados da sua estratégia de desenvolvimento, a continuação do despovoamento do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral (menos 15.000 habitantes em cenário mínimo e menos 2.500 em cenário económico máximo).

– Ao invés do robustecimento da centralidade em Évora, o Programa deverá promover um carácter policêntrico do sistema urbano do Alentejo consolidando os vários sistemas sub-regionais, Portalegre, Évora, Beja e Litoral (Sines – Santiago do Cacém – Santo André).

– O eixo Sines – Beja – Ficalho / Andaluzia até Córdoba deverá constituir o mais importante corredor de desenvolvimento sub-regional, ligando o triângulo Sines, Aeroporto de Beja e Alqueva a Espanha e ao Mundo.
Beja, 9 de Agosto de 2006.