Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Gripe das aves: Zonas de risco no Alentejo

Portugal está no caminho da gripe das aves face à chegada, nas próximas duas semanas de milhares de aves vindas de África. No nosso país, estão identificadas dezanove zonas de risco, essencialmente zonas húmidas, Roxo, Odivelas e Alqueva, incluídas.

RECOMENDAÇÕES PARA PREVENÇÃO E CONTROLO DA GRIPE DAS AVES
= VIRUS INFLUENZAE A(H5N1) =

O homem pode contrair a gripe provocada pelo virus Influenzae A(H5N1) através do contacto com aves infectadas (não se exclui a possibilidade de contágio por outro tipo de animais).
Para se evitar o aparecimento da "gripe das aves" recomenda-se a adopção das seguintes medidas preventivas, destinadas ao:
PÚBLICO EM GERAL:
- Evite o contacto com aves doentes (galinhas, gansos, patos, etc.) ou outro tipo de animais que levantem suspeitas relativamente ao seu estado de saúde;
- Lave sempre as mãos com água e sabão, após manusear qualquer tipo de aves ou outros animais;
- Evite a promiscuidade entre alimentos crus e cozinhados;
- Lave convenientemente todos os utensílios de cozinha (incluindo bancas e bancadas, pranchas para corte de alimentos, talheres, etc.), antes da sua reutilização na preparação de outros alimentos;
- Consuma somente alimentos devidamente cozinhados e quentes;
- Reforce e promova a adopção de medidas gerais de higiene individual (por exemplo, lave sempre as mãos com sabão, depois de utilizar os sanitários e antes de cozinhar ou preparar qualquer tipo de alimentos) e colectiva (por exemplo, não tussa nem espirre na direcção de outras pessoas e "proteja" sempre a tosse e o espirro com lenços, descartáveis de preferência);
- Mantenha uma dieta equilibrada, faça regularmente exercício físico e tenha períodos de repouso suficientes, de modo a manter as defesas imunológicas do organismo; e
- Evite espaços fechados e sem ventilação natural adequada, bem como espaços fechados com grande concentração de pessoas.

Retirado do sítio da rádio Voz da Planície

2 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Esta malta da EMAS devia descansar um pouco!! Será...

  • Anónimo

    Sim, mas não tantos ….

  • Anónimo

  • Anónimo

    São tantas as campanhas, ações e divulgações da EM...

  • Anónimo

    Os presentes sobre as viaturas são feitos por pard...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.