Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Manuel António Domingos 08.05.2012

    Só quem não quer ver é que não vê, que as condições de vida actuias não têm nada que ver com o que era dantes. Mas segundo Medina Carreira, esses indicadores só foram possíveis gastando o que não tinhamos, e agora chegou a hora de pagar a factura. Mas sejamos intelectualmente honestos, neste momento há pessoas a pagar mais do que aquilo que deviam e podem pagar, e outros que nem de longe nem de perto estão a pagar aquilo que deveriam, e podem realmente pagar. Dentro dos que podem pagar mais, também não deveremos exagerar, ao ponto daqueles que fazem bastante pela vidinha sentirem que não merece a pena esforçarem-se para depois serem assaltados pelo Estado em nome da equidade fiscal.
    No meio disto tudo, o mais difícil é encontrar pontos de equílibrio, que mereçam o respeito da larga maioria das pessoas, e pelas mesmas seja compreendido a razãode ser de tantos sacríficios!
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.