Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Trabalho precário aumenta

Zé LG, 21.02.06
Só 29% dos postos de trabalho criados ao longo de 2004 e 2005 são efectivos. Os restantes 71% são empregos precários (contratos a prazo, contratos de prestação de serviços ou recibos verdes), segundo números divulgados pelo INE.

Portugal é o segundo, depois da Espanha, país da União Europeia com maior percentagem de trabalho precário.

Para os que reclamavam a flexibilização do trabalho para assegurar o desenvolvimento do país aqui está a resposta – aumentou a precariedade do trabalho e o país atrasou-se ainda mais em comparação com os outros.