Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Presidente da Câmara de Beja acusado de “Branquear a ditadura”

No passado dia 22 de Fevereiro, os vereadores do PS na Câmara Municipal de Beja aprovaram uma proposta que abre a possibilidade de uma futura atribuição de nomes dos anteriores presidentes de câmara às ruas da cidade, onde se integram, nomeadamente, os que exerceram essas funções antes do 25 de Abril (presumo que sejam todos - os da Monarquia Constitucional, da 1ª República e do Estado Novo).

...

Ou seja, ao lançar e defender esta proposta, com estes argumentos, o actual presidente da câmara mais não faz do que branquear o salazarismo, uma ditadura que, agindo à imagem das suas congéneres (o nazismo, o fascismo e o franquismo), não deixou boas memórias aos portugueses, em geral, e aos bejenses, em particular.

Abertura e conclusão do texto de José Filipe Murteira, in  Notas à Esquerda.

2 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

  • Anónimo

    Esta questão tem acontecido com a conivência de vá...

  • Anónimo

    Lixo e buracos nas ruas e estradas constituem a im...

  • Anónimo

    Uma gestão camarária que nem do lixo dá conta!Quan...

  • Anónimo

    Continua a apresentar boas respostas. Durante 40 a...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.