Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Distracções que saem caras – mais um contributo para as receitas do Estado

Em Agosto, distraí-me e paguei o IUC – Imposto Único de Circulação 25 dias depois do prazo.
Em Dezembro fui notificado para pagar uma coima € 25,00, no prazo de 15 dias. Não sei o que aconteceu mas não paguei, embora estivesse convencido de o ter feito.
Agora, recebi nova notificação para pagar uma coima de € 30,00 (o dobro da inicial) e € 38,25 de custas, o que fiz, para evitar que qualquer dia, o valor do carro não desse para pagar o valor galopante das coimas e custas do processo. Os € 68,25 já ultrapassaram o valor do IUC, que foi de € 52,84.
Fui ainda informado que esta plataforma informática é a mais eficaz, porque “trabalha” noite e dia, sem parar, não deixando escapar nada. E, assim, através desta forma eficaz de sacar, contribuí com mais € 68,25 para as receitas do Estado. E lá se foi mais uma semana de combustível…

2 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Boa malha, Anónimo das 16:11.Há muita malta, que a...

  • Anónimo

    Noticia publicada no "Expresso " como forma de pre...

  • Zobaida

    Não há galhos reservados. Deixe de ser macaco...

  • Anónimo

    Nem mais...quem assim fala não é gago.

  • Anónimo

    GOSTAS DE CIGANOS LEVA-OS PARA TUA CASA

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.