Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Hictal revisitam grandes nomes do rock, blues e reggae, em Beja

Zé LG, 30.06.22

Hictal revisitam grandes nomes do rock, blues e reggae dos anos 60, 70 e 80, com versões de clássicos dos Beatles, Rolling Stones, Eric Clapton, Bob Marley, entre muitos outros, num concerto onde apresentam também músicas originais e uma delas inédita. Este é o mote da noite de hoje, no Logradouro do Centro Unesco, em Beja, a partir das 21h.

Sem nome.png

'Mais Para Dar' é um dos originais dos Hictal, que vai ficar gravado nas paredes do Logradouro do Centro Unesco, no concerto desta noite a partir das 21h. Os bilhetes devem ser adquiridos previamente no Pax Júlia.

Bejense Maria da Graça Carvalho conquista prémio europeu, atribuído pela Parliament Magazine

Zé LG, 30.06.22

290748281_10220070171776839_7468064022935731707_n.

Aeurodeputada do PSD Maria da Graça Carvalho foi a vencedora dos MEP Awards, atribuídos pela Parliament Magazine, na categoria de "Futuro da UE e Inovação".

"Já tinha sido extraordinário ter sido nomeada em duas categorias e é uma grande honra acabar por vencer no 'Futuro da UE e Inovação', sobretudo por se tratar de uma nova categoria dos MEP Awards que tem muito que ver com a minha atividade e as minhas prioridades no Parlamento Europeu", disse a eurodeputada do PSD.

“Porque a culpa não pode morrer solteira e o sentimento de impunidade não pode permanecer”, propõe Marisa Saturnino

Zé LG, 29.06.22

OPINIAO_MARISA_SATURNINO.jpg«Enquanto entidade de 1ª linha, as CPCJ`S devem ter mais autonomia e mais técnicos, a tempo inteiro. Não se podem reduzir a meia dúzia de pessoas que dão o seu contributo de forma voluntária, atoladas em processos, cujas famílias não conseguem trabalhar adequadamente e apoiar na construção de um novo caminho.

As APAV`S não podem funcionar de segunda a sexta, em horário útil, sujeito a alterações, porque os crimes acontecem e não têm dia nem hora.

Porque a culpa não pode morrer solteira e o sentimento de impunidade não pode permanecer, enquanto a lei não favorecer verdadeiramente a atuação das entidades com competência em matéria de infância e juventude e a sociedade civil e sobretudo a justiça, não tiverem outro tipo de atuação, continuarão a existir mais Jéssicas; Joanas; Valentinas e Laras.»

Marisa Saturnino, Vereadora da Câmara Municipal de Beja, aqui.

CIMBAL reduz em 25% passes nos transportes públicos da TRIMBAL

Zé LG, 29.06.22

CIMBAL-Trimbal_800x800-240x240.jpgNa sequência da implementação do Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos (PART), a CIMBAL deliberou atribuir a todos os utilizadores residentes no seu território, treze dos catorze concelhos do distrito, com exceção de Odemira, um desconto de 25% nas assinaturas de linha do operador de serviço público de transporte de passageiros no Baixo Alentejo, que tenham origem no território por si abrangido.

O presidente da Câmara de Beja informa que “a partir de 1 de julho o passe mensal máximo de transporte público rodoviário com partida e destino dentro do concelho de Beja será de 30,00 euros (valor garantido até 31 de dezembro de 2022)”.

Sindicato dos Jornalistas e PCP preocupados com a cobertura jornalística do alegado homicídio de uma criança em Setúbal

Zé LG, 28.06.22

SJ.pngO Conselho Deontológico (CD) do Sindicato dos Jornalistas anunciou que "viu com perplexidade" algumas coberturas jornalísticas do caso da menina de três anos que morreu no dia 20, vítima de maus tratos e de violência, em Setúbal.

"Das várias questões deontológicas envolvidas", destaca, em comunicado, "o desrespeito do ponto 8 do Código Deontológico, onde se afirma que “o jornalista não deve identificar, direta ou indiretamente, menores, sejam fontes, sejam testemunhas de factos noticiosos, sejam vítimas ou autores de atos que a lei qualifica como crime”.

Também o PCP, em requerimento endereçado à ERC, através da Assembleia da República, "requer à Entidade Reguladora para a Comunicação Social que esclareça se está previsto pronunciar-se" sobre a cobertura noticiosa do alegado homicídio de uma criança de três anos, em Setúbal, no dia 20 de junho.

O regulador informou que "quando a ERC produzir uma pronúncia, procederá à sua divulgação, como é habitual, no sítio eletrónico da entidade".

PSD preocupado com atrasos das obras de requalificação da Piscina Descoberta de Beja

Zé LG, 28.06.22

20220628003839322.jpgA Comissão Política de Secção de Beja do PSD manifesta grande preocupação em relação à Piscina Municipal Descoberta, porque “a obra de requalificação foi adjudicada em junho de 2020, com um prazo previsto de conclusão de 12 meses” e que “deveria ter sido concluída em agosto de 2021, se tivessem sido cumpridos todos os prazos”. O PSD lamenta por isso que, muito provavelmente, os bejenses irão ficar mais um ano privados da utilização da Piscina Descoberta. Daqui e daqui.

Municípios do Baixo Alentejo assinaram novo Protocolo com ULSBA

Zé LG, 27.06.22

202206270859516612.jpgO Protocolo agora assinado, pioneiro e diferenciador a nível nacional, pretende reforçar a parceria entre os serviços do ministério da Saúde e os municípios, tendo em vista a concretização de vários objetivos nomeadamente colaborar na investigação sobre os agentes de transmissão denominados de vetores (mosquitos e carraças) e garantir a monitorização e vigilância da atividade dos vetores de transmissão.

Paulo Monteiro integra a Academia Nacional de Belas Artes, na qualidade de autor de BD

Zé LG, 27.06.22

202206241655317336.jpgA Academia abre as portas a esta arte, à BD, e Paulo Monteiro, responsável também pelo Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja, mostra-se “muito honrado com esta distinção por ser a primeira vez que tal acontece e por significar, também, o reconhecimento como autor”.

Para Beja, frisa Paulo Monteiro, esta situação significa poder “sugerir exposições, eventos, encontros e levar os autores de BD da cidade até à capital, a um espaço de mérito nacional e internacional”.

“Acordem, porra!”, apela Jorge Pulido Valente aos autarcas

Zé LG, 27.06.22

30727644_880493072123842_6029269712825745408_n.jpgEste alerta aos autarcas resulta da enorme preocupação com o facto de nos confrontarmos com problemas que afectam gravemente o desenvolvimento da nossa região e não vermos as câmaras municipais tomarem medidas ou iniciativas políticas para os resolver, ou, no mínimo, promoverem publicamente o debate.

E refere: Água: está em curso oprojeto “Reforço do Abastecimento de Água ao Algarve – Solução da Tomada de Água no Pomarão”que poderá ter impactos significativos nos caudais do Guadiana e nas disponibilidades de Alqueva; Mão de obra, problema que só poderá ser resolvido com a imigração; Aumento da pobreza e Pobreza energética.

Oiça e leia aqui todo o apelo

EDIA promove debate sobre independência energética na agricultura

Zé LG, 27.06.22

EDIA-lança-debate--810x378.pngA independência energética no setor agrícola vai ser o tema para uma sessão de apresentação de soluções aplicadas à agricultura, seguida de debate, no próximo dia 28 de junho, pelas 10h00, no auditório da EDIA, em Beja.

A EDIA, que apresentará a sua visão para a independência energética do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, está empenhada em partilhar soluções e conhecimentos junto dos seus clientes, abrindo caminho à sustentabilidade do Projeto de Alqueva e reforçando o objetivo associado à diminuição da pegada ecológica da atividade do setor primário.

Projecto da Biblioteca e Arquivo de Grândola conquistou Prémio FAD

Zé LG, 26.06.22

bbl-grd.jpgO edifício inaugurado em abril de 2021, com assinatura dos arquitetos Pedro Matos Gameiro e Pedro Domingos, foi galardoado com o Prémio FAD – cidade e paisagem, o mais antigo prémio Europeu e um dos mais prestigiados do Mundo na área da arquitetura. Foi o único projeto português distinguido com o Prémio FAD 2022. O Júri considerou que «a relação e sucessão de espaços públicos e coletivos gerados pela Biblioteca e Arquivo do Município de Grândola, apresenta novos desafios para a arquitetura pública».

Central fotovoltaica vai ser instalada em Sines

Zé LG, 26.06.22

202104011527223275.pngUma central fotovoltaica, com capacidade para mais de 91 mil painéis solares e uma potência de 49 megawatts, vai ser instalada no concelho de Sines, distrito de Setúbal, numa área de 100 hectares.

“Em conjunto com a Omexom vamos instalar mais de 91 mil módulos bifaciais que produzirão eletricidade verde suficiente para abastecer o equivalente a 42 mil lares portugueses”, revelou o presidente e diretor geral da RWE Renewables Iberia. A escolha de Sines para a construção deste parque solar está relacionada com as “cerca de três mil horas de sol por ano” e pela localização de “um dos dois vales do Hidrogénio Verde projetados para Portugal”.

Vão ser anunciadas medidas para superar reservas sobre descentralização, diz a ANMP

Zé LG, 26.06.22

Sem nome.pngA presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) assegurou este sábado que vão ser “anunciadas e formalizadas” medidas que “vão superar” as reservas sobre o processo de descentralização apontadas por alguns autarcas.

As negociações entre o Governo e a ANMP atrasaram-se em áreas como a Educação, a Saúde e a Ação Social, que envolviam a transferência de funcionários, equipamentos e, em consequência, montantes financeiros. As verbas a transferir têm sido o ponto central das dificuldades, uma vez que são consideradas insuficientes pelos municípios para o desempenho que é pretendido na Educação e na Saúde.

Em 1 de abril, quando era esperado que os municípios assumissem definitivamente competências na Saúde e na Educação, menos de metade das autarquias elegíveis (201 na Saúde e 278 na Educação) tinha assumido as competências voluntariamente. Quanto às restantes 17 competências, o Governo considerou-as transferidas em 01 de janeiro de 2021.

Projetos estruturantes da região em debate entre autarcas da CIMBAL e ministra da Coesão

Zé LG, 25.06.22

202206241002127853.jpgA ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, e o secretário de Estado da Administração Local e Ordenamento do Território, Carlos Miguel reuniram-se, ontem, na sede da CIMBAL, com os autarcas do Baixo Alentejo, tendo sido abordada a questão das acessibilidades rodoviárias, com destaque para a necessidade de concretização do IP 8, a evolução do projeto de modernização/eletrificação da linha ferroviária Beja/Casa Branca com construção do ramal ao Aeroporto de Beja e a possibilidade de maior utilização desta infraestrutura.

Foi ainda efetuado um ponto de situação sobre a execução do Portugal 2020 e o próximo período de programação, o Portugal 2030 e quais os desafios para as comunidades intermunicipais e para os municípios que as constituem, bem como as atuais condições de mercado das obras públicas e a penalização que muitas operações sofrem, em virtude da desatualização dos designados “custos de referência”.

AR aprova projeto do PCP que defende valorização e reconhecimento do Ensino Superior Politécnico

Zé LG, 25.06.22

20220130195536716.jpgFoi aprovado, ontem, na Assembleia da República, o Projeto de Lei de autoria do PCP que defende a "Valorização e reconhecimento do Ensino Superior Politécnico", reconhecendo a possibilidade dos mesmos poderem passar a conferir o grau de doutor.

João Dias, deputado eleito por Beja e dos subscritores do projeto, diz que o PCP não aceita “que o Ensino Superior Politécnico continue a ser alvo de uma política de desvalorização, que entende o Ensino Superior Politécnico como um Ensino Superior de segunda categoria.

“acentuamos os problemas em vez de potenciar as soluções para os problemas que tão bem conhecemos”, diz Jorge Barnabé

Zé LG, 24.06.22

21404779_hzW9z.jpeg«Defendo que as estratégias são fundamentais na construção de uma sociedade equilibrada e progressista, mas as estratégias só têm sentido se forem desenvolvidas e executadas. A estratégia da palavra, a retórica do pensamento estratégico como elemento dissuasor da crítica construtiva é exatamente a negação da sua exequibilidade.

Nesta ausência de estratégias, verdadeiras e executáveis, perdem-se as oportunidades e agravam-se os problemas na saúde e em todos os setores.»

Jorge Barnabé, Presidente do Observatório do Baixo Alentejo, aqui.

Pág. 1/5