Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Abertas inscrições para Banco de Voluntariado do Baixo Alentejo

Zé LG, 31.03.20

Foi criado no Baixo Alentejo um Banco de Voluntariado com o objetivo, caso seja necessário, de "prestar apoio às estruturas de apoio social aos idosos", numa parceria da Cruz Vermelha, do Centro Distrital de Beja da Segurança Social e da CIMBAL.

202003302030409543 cruz vermelha.jpgCom esta iniciativa, as entidades envolvidas pretendem “dar uma resposta eficaz à pandemia provocada pela covid-19” e apelam a todos os interessados que façam a sua inscrição. É esclarecido, igualmente, que "os inscritos ficam apenas de prevenção e que só serão chamados em caso de manifesta necessidade."

“Agricultura do sudoeste alentejano continua a alimentar o país” ou está a seguir um “caminho extremamente arriscado”?

Zé LG, 31.03.20

imgLoader2.ashx estufas.jpgO Movimento Juntos Pelo Sudoeste acusou empresas frutícolas de Odemira e Aljezur de seguirem um “caminho extremamente arriscado” ao continuarem a operar, podendo “colocar em risco a saúde de milhares de pessoas”, devido à pandemia de covid- 19. “Poderá ser uma decisão economicista, em contraciclo com muitas outras empresas no país que foram obrigadas a parar”.

O comunicado do movimento surge em reação a uma nota de imprensa da Associação dos Horticultores, Fruticultores e Floricultores dos Concelhos de Odemira e Aljezur (AHSA), com o título "Agricultura do sudoeste alentejano continua a alimentar o país”. As associadas da AHSA, que "representam mais de 200 milhões de euros de faturação anual", mantêm "atividade em pleno", apesar da pandemia de covid-19, e "Continuam a operar e a alimentar a cadeia de distribuição nacional e internacional", seguindo "todas as orientações das autoridades" e priorizarando “ao máximo a prevenção e a implementação e adaptação dos seus planos de contingência".

Litotal Alentejano com 18 casos confirmados de coronavírus e 175 pessoas em vigilância ativa

Zé LG, 30.03.20

202003261314526826 virus.jpgSegundo a Rádio Sines apurou, existem nesta segunda-feira, 8 casos em Grândola, 6 em Santiago do Cacém, 2 em Sines, 1 em Alcácer do Sal e 1 em Odemira. A Unidade de Saúde Pública do Alentejo Litoral está a acompanhar 175 pessoas em vigilância ativa.

Subiu para 6 o número de pessoas infetadas com coronavírus no concelho de Santiago do Cacém, confirmou Álvaro Beijinha, presidente da autarquia, esclarececendo que “todos se encontram nas suas residências, em isolamento profilático e a recuperarem”, que deixou ainda um apelo à população para que “não entre numa espécie de "caça às bruxas ", pois a história ensinou-nos durante séculos que foram cometidas atrocidades monstruosas quando se entra por esse "caminho".

Ministério da Agricultura adianta apoios da PAC

Zé LG, 30.03.20

Na primeira semana de Abril, o Ministério da Agricultura, vai iniciar a atribuição de adiantamentos para liquidação de pedidos de pagamento no âmbito do PDR2020, dos Programas Operacionais Frutas e Hortícolas e do Programa Nacional de apoio ao sector vitivinícola, com regularização posterior, no valor de 60 milhões de euros, para apoiar “a tesouraria das empresas afectadas pelos efeitos da pandemia da Covid-19”.

P1070673.JPGO Governo vai ainda durante este mês, liquidar pagamentos no “âmbito de um conjunto de medidas de apoio ao sector, no valor de cerca de 30 milhões de euros”. “Esta medida junta-se a outras como a Linha de Crédito Capitalizar 2018 – Covid-19, o alargamento de prazos para submissão das candidaturas no âmbito do Pedido Único 2020 e do PDR2020 e o reembolso das despesas incorridas em acções e iniciativas canceladas ou adiadas devido à Covid-19”.

O sector pode ainda contar com medidas de natureza fiscal e contributiva, bem como apoios da Segurança Social a trabalhadores e empregadores. Todas as medidas estão disponíveis para consulta em covid19estamoson.gov.pt.

 

Conselho Sub-Regional de Beja da Ordem dos Médicos deixa apelo e indicações à população

Zé LG, 29.03.20

médicos-768x512.jpgNuma altura em que o país está em Estado de Emergência devido à pandemia Covid-19, o Conselho Sub-Regional de Beja da Ordem dos Médicos apela a todos que “sigam disciplinadamente, sem hesitação, as recomendações que as autoridades oficiais têm veiculado”.

“Devem sair só quando absolutamente necessário, fazer a lavagem repetida e demorada das mãos, não ter contacto físico, espirrar ou tossir para o cotovelo e respeitar as distâncias de segurança em locais públicos”.

De acordo com a mesma fonte, deve enviar email para ucsp.beja.covid@ulsba.min-saude.pt, caso tenha estado, nos últimos 14 dias, no estrangeiro e tenha a necessidade de expor as suas dúvidas, evitando, assim, as idas ao Centro de Saúde.

O Conselho Sub-Regional de Beja da Ordem dos Médicos apela, ainda, ao espírito de comunidade de todos, no sentido do respeito mútuo e da solidariedade, “certos de que a vitória nesta batalha é garantida, dependendo de todos e de cada um de nós que ela se concretize no mais curto prazo possível”.

Há quatro anos que Manuel de Castro e Brito nos deixou

Zé LG, 29.03.20

2013-04-24 038.jpgNestes tempos de preparação, primeiro, e de cancelamento, depois, da OVIBEJA várias foram as vezes que nos lembrámos de Manuel de Castro e Brito e da sua forma de conduzir a organização da Grande Feira do Sul, que tem reunido, ano após ano, Todo o Alentejo deste Mundo.

Deixou-nos cedo, com 65 anos. Nestes tempos conturbados que vivemos, certamente que a sua visão e e o seu gosto pela intervenção, marcados por uma ideossincrasia muito própria, que o mantinham em permanente desassossego, não deixariam de agitar algumas águas, que se mantém demasiado calmas...

À 1 hora dá duas

Zé LG, 28.03.20

"normalmente os mais visivelmente defensores são os primeiros a trair, cá estamos para ver"

Zé LG, 28.03.20

"No esgoto também há vírus ou não? A defesa da nossa área politica não se faz só com o abanar de cabeça a dizer sim a tudo, também se faz com confrontação politica e discordância de métodos, não tempos que ter todos com o mesmo pensamento, assim não existia democracia, normalmente os mais visivelmente defensores são os primeiros a trair, cá estamos para ver."
Anónimo 22.03.2020, aqui.

PSA Sines apoia trabalhadores, famílias e comunidade para fazer face à pandemia da covid-19

Zé LG, 28.03.20

imgLoader2.ashx.jpgA empresa PSA Sines, concessionária do Terminal XXI do porto alentejano, vai atribuir este mês um valor adicional de 300 euros a cada um dos mais de mil colaboradores para fazer face à pandemia da covid-19. O diretor-geral da empresa de Singapura, Gobu Selliaya, anunciou que o valor individual de 300 euros vai ser processado ainda este mês “na esperança que esta medida possa ajudar a fazer face a alguns dos constrangimentos imediatos, diretos e indiretos, provocados por esta pandemia”.

A empresa estendeu ainda o apoio às famílias que se encontram em casa, a dar apoio aos filhos menores, adiando para abril o processamento do desconto no salário daqueles “que optaram por acionar a ausência” devido ao encerramento das escolas.

Alargando o apoio à comunidade, a PSA Sines fez um donativo à Santa Casa da Misericórdia local, que vai permitir à instituição a criação de “um espaço próprio/adequado para o caso de ser necessário ativar a quarentena dentro das suas próprias instalações”, referiu o mesmo responsável.

Suspensão do Mercado Sto. Amaro leva comerciantes para Mercado Municipal de Beja

Zé LG, 28.03.20

202002031639058878 mercado.jpg"No seguimento das medidas já adotadas no âmbito do combate ao novo coronavírus e, após declaração do estado de emergência", a Câmara Municipal de Beja revela que suspende “com efeitos imediatos” a realização do Mercado de Santo Amaro.

Nesse sentido, os comerciantes vão ser transferidos para o Mercado Municipal, que “continuará a funcionar, no horário normal, com os condicionamentos decorrentes da legislação aplicada aos espaços comerciais de venda de produtos alimentares, com controlo e limitação de entradas.

Morreu António Felizardo

Zé LG, 27.03.20

2020032715420743.nb.pngAntónio Francisco Felizardo, de 79 anos, natural de Quintos, faleceu no Hospital de Beja. Electricista de profissão e empresário de serviços eléctricos e de panificação, foi presidente da Junta de Freguesia de Quintos, eleito pelo PS.

Conheci-o Há muitos anos, nas lides autárquicas e, embora de partidos diferentes, sempre mantivemos uma relação cordial e respeitosa. Era um homem muito dinâmico e interventivo.

O funeral realiza-se amanhã, às 11:15, da Casa Mortuária para o Cemitério de Quintos.

À família e ao PS apresento os meus sentidos pêsames.

Morreu José Mendes Pinto

Zé LG, 27.03.20

2020032715000228.nb mendes pinto.pngJosé Francisco Cano Mendes Pinto, de 65 anos, faleceu hoje, em casa da família, em Évora, na sequência de doença prolongada.

O Zé Mendes Pinto foi meu colega de Liceu. Embora tendo nascido em Beja, era tal como eu originário do concelho de Vidigueira. Estive vários anos sem saber dele, tendo voltado a encontrar-nos há uns anos. A última vez que o vi já se encontrava muito debilitado pela doença.

O corpo encontra-se em câmara ardente na Casa Mortuária do Cemitério de Beja, de onde sai amanhã às 08:45 para o Crematório de Ferreira do Alentejo.

À família apresento os meus sentidos pêsames.

PSP intensifica controlo de circulação de pessoas em Beja

Zé LG, 27.03.20

202003252220367279 psp.jpgSe a cidade de Beja, nos primeiros dias do decretado estado de emergência na sequência do novo coronavírus, aparentemente, estava com as ruas desertas, esta semana, verificou-se um aumento do tráfego nas vias da cidade.
Esta situação levou à intensificação do trabalho da PSP de Beja, que, nos últimos dias, iniciou um processo de abordagem quer a condutores, quer a peões, passando por questionar a quem circula na via pública o motivo que levou a pessoa a sair de casa. 

Vendas Novas iniciou produção em massa de máscaras hospitalares

Zé LG, 27.03.20

ta_50_0 luis dias.pngA AUNDE Portugal – Indústria de Confeção de Capas, em Vendas Novas, que produz habitualmente estofos para automóveis, está a produzir em massa para entregar com urgência 4 mil máscaras ao Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), devido à pandemia COVID-19.
Segundo Luís Dias, presidente do Município, depois de fazer a ponte entre as autoridades de saúde e a empresa, o hospital ficou responsável por ceder o material adequado à elaboração das máscaras, e a fábrica teve que ajustar a sua linha de produção a esta necessidade urgente e já está capaz de produzir 500 máscaras num único dia, pelas mãos de 26 operadores de costura.
As máscaras têm um tecido externo e um interno e levam um elástico ajustável ao utilizador e a AUNDE desenvolveu ainda protótipos de outros equipamentos como cobre-botas e cogulas que vai agora submeter a análise do hospital, para ver se cumprem os requisitos técnicos.

Évora e Grândola com 14 dos 20 casos de Covid-19 no Alentejo

Zé LG, 26.03.20

imgLoader2.jpgO número de doentes de covid-19 no Alentejo voltou a aumentar nas últimas 24 horas. Há agora 20 casos. Ontem eram 12. Até à data não se registou qualquer morte associada à doença nos distritos alentejanos, de acordo com o boletim divulgado ao início da tarde pela Direção-geral de Saúde (DGS).

Évora (com oito casos) e Girândola (com seis) são, por agora, os concelhos alentejanos com mais doentes infetados. Em todos os outros municípios, incluindo Beja e Almodôvar, onde já foram diagnosticados casos, o número de doentes é inferior a três.

No Alentejo, a evolução da pandemia tem ficado abaixo da média nacional. Os hábitos culturais, de privilegiar relações de vizinhança e na comunidade, resguardando-se daquilo que vem do exterior, aliados a fatores demográficos, podem explicar os poucos casos de covid-19 na região, segundo uma historiadora e dois sociólogos.

Morreu Carlos Colaço

Zé LG, 26.03.20

90582273_2614533112113566_4334741433350094848_o co

Conheci o Carlos Colaço e com ele mantive sempre um relacionamento respeitoso e amistoso.

Foi de facto o que a Nota de Pesar refere. Um profissional apaixonado e empenhado no que fazia.

Há muito que não tinha notícias dele. Infelizmente voltei a tê-las pela pior razão.

À família enlutada e à Rádio Vidigueira apresento as minhas sentidas condolências.

Morreu Manuel Fialho

Zé LG, 26.03.20

fialho.pngManuel Fialho, fundador do mítico restaurante eborense que leva o seu nome, “o Fialho”, faleceu ontem, 25 de março. Manuel Fialho foi um dos grandes da gastronomia tradicional alentejana e que tão bem honrava no seu restaurante e em diversas livros gastronómicos.
Vítor Silva, presidente da Agência de Promoção Turística do Alentejo diz mesmo que “O Alentejo perde uma figura de vulto que tanto contribuiu para a gastronomia, a cultura e o turismo do Alentejo” e António Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, que foi “uma grande referência não só para o Turismo do Alentejo, mas também de Portugal. Nunca teremos a noção daquilo que efetivamente lhe ficámos a dever. Mas, principalmente, foi um grande amigo, um companheiro de luta.”

Pág. 1/6