Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

EDIA “disponibiliza” serviços às autarquias

Zé LG, 31.01.20

202001291007517036.jpgA EDIA reuniu-se com as Câmaras Municipais da área de influência de Alqueva, para transmitir a disponibilidade para colocar à sua disposição os serviços de cartografia e os sistemas de informação geográfica, os ortofotomapas de 2019, bem como o acesso a toda a informação relevante dos diversos perímetros de rega e formação dos seus quadros técnicos.

CIMBAL debateu boas práticas na agricultura urbana

Zé LG, 31.01.20

A CIMBAL recebeu a sessão de trabalho e primeira reunião de Stakeholders em Portugal relacionada com o projecto CityZen, financiado pelo INTERREG EUROPE 2014-2020 e que decorrerá até Julho de 2023, com o objectivo de “Promover a agricultura urbana como uma forma de sucesso para a transformação económica e social e criar conhecimento relativo a políticas direccionadas para a agricultura urbana, iniciativas e modelos de negócio”.

pax-cityzen-1-768x432.jpgFlávia Duarte, membro da Irradiare, empresa que está a apoiar o município de Beja e a CIMBAL na implementação do projecto, disse que “debater ideias direccionadas para a questão das hortas urbanas” foi o tema abordado na sessão e que o projecto está dividido em duas fases, sendo, na primeira fase, o objectivo promover a partilha de boas práticas.

“falta de sentido democrático e desprezo total pelas reivindicações de quem trabalha”

Zé LG, 30.01.20

«Como é possível em 2020 coisas destas… Uma vergonha, uma falta de bom senso de quem dirige uma Autarquia, aliado a uma falta de sentido democrático e desprezo total pelas reivindicações de quem trabalha.
A liberdade que cabe a cada um de perder um ou mais dias de trabalho, para lutar pelos seus interesses e direitos profissionais está consagrado na Constituição. Chama-se Sr.Presidente o direito à GREVE !
Este tipo de acções deveriam objectiva e obrigatoriamente, dar a perda de mandato....
Quem é democraticamente eleito deveria ter vergonha desta atitude.... que mais uma vez revela o desprezo e a falta de consideração que o ps alentejo tem revelado pelas lutas de quem discute "cêntimos", para melhorar as suas condições de vida.

António Góis Pereira - Anónimo 29.01.2020», aqui.

Aviões partem do Aeroporto de Beja para a China para resgatar cidadãos europeus

Zé LG, 30.01.20

Vão sair esta quinta-feira do aeroporto de Beja três aviões da companhia portuguesa Hi Fly para o repatriamento de cidadãos europeus em território Chinês, onde apareceu o surto do coronavirus.

P1070125 - Cópia.JPGO A380, o maior avião comercial do mundo, será o primeiro a descolar, cerca das 10h. O segundo avião levantará vôo por volta das 11h e o terceiro às 15h.

Câmara de Moura confirma acusação do PCP e acusa este de “querer confundir (mais uma vez) a população e os trabalhadores”

Zé LG, 29.01.20

70632701_201476677513532_9078451752864317440_n.jpg«8 - No mesmo dia 24 de Janeiro de 2020, como forma de esclarecimento aos trabalhadores, relativamente à solicitação do sindicato, foi efectuada a seguinte informação“… Informa-se de que, todos os trabalhadores que se encontrem interessados em participarem da Manifestação nacional, a realizar no próximo dia 31, em Lisboa, deverão fazer chegar antecipadamente à secção dos recursos Humanos, uma participação de ausência por conta do período de férias…”;
9- A Câmara Municipal de Moura informou os trabalhadores que não concederia dispensa de serviço para participação em Manifestação, conforme solicitado pelos seus representantes;
10- Nunca por Nunca, obstaculizou o direito de qualquer trabalhador a participar na Manifestação, ao abrigo do seu Direito à Greve;
11- Aliás, não o poderia fazer, nunca o fez e nunca o fará;
12- Não coagiu, ameaçou, interferiu ou cometeu qualquer ilegalidade;
13- Resulta clara a intenção do PCP em querer confundir (mais uma vez) a população e os trabalhadores;»

Trecho retirado do “Esclarecimento” da CMM, que pode ler aqui.

“Beja Merece+” acusa António Costa de “desprezar a região”

Zé LG, 29.01.20

20398743_Kq4L3.jpeg.jpgO Movimento “Beja Merece +” irá aproveitar a Cimeira dos “amigos da Coesão” da União Europeia, que se realiza em Beja no próximo Sábado, para entregar ao primeiro ministro um dossier com as reivindicações de melhores condições para a região do Baixo Alentejo, designadamente a conclusão do IP8, o aproveitamento do aeroporto, melhorias nos serviços de saúde da região e a electrificação do troço ferroviário Casa Branca- Beja- Funcheira.

Greve geral da função pública marcada para 6ª feira

Zé LG, 29.01.20

As estruturas sindicais, da CGTP-IN e da UGT reclamam aumentos salariais além dos 0,3% inscritos no Orçamento de Estado para 2020.

202001272155135366.jpgPara além da greve a Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública marcou, para o mesmo dia uma manifestação, em Lisboa, agendada para as 14.30 horas, no Marquês de Pombal, seguindo a pé em direcção à Assembleia da República.

Nova expansão do regadio de Alqueva já arrancou com a construção de dois novos blocos de rega

Zé LG, 29.01.20

202001271644488423.jpgA área a beneficiar pelo Bloco de Rega de Évora tem cerca de 3.000 hectares, está localizada no concelho de Évora, freguesias de Horta das Figueiras, Nossa Senhora de Machede e Torre de Coelheiros.

O bloco de rega de Cuba-Odivelas desenvolve-se entre os concelhos de Cuba, Alvito e Ferreira do Alentejo e ocupa uma área perto dos 2.800 hectares. A tomada de água localiza-se no Canal Alvito-Pisão, entre o adutor da Vidigueira e a derivação para o reservatório Cuba-Oeste.

A EDIA recorda que Alqueva já equipa cerca de 120 mil hectares com infraestruturas de rega, iniciando-se agora a segunda fase para instalação de mais cerca de 50 mil hectares, inseridos no Plano Nacional de Regadios, totalizando em 2023 um total de 170 mil hectares.

ESTAR "reforça parcerias"para “chegar aos que estão em risco de exclusão social”

Zé LG, 28.01.20

202001271541359690.jpgA Associação ESTAR reforçou a sua “rede de parcerias” com o IPBeja e foi convidada pela Câmara Municipal para “coordenar e gerir a Loja Social de Beja.

A ESTAR revela que pode “receber doações de roupas, para todas as idades, calçado, mobiliário, produtos de higiene e de limpeza, mantas, cobertores, brinquedos, livros, entre outros”, no espaço cedido pelo IPBeja.

A Associação avança que a “partir de fevereiro será colocado ao dispor da comunidade mais um espaço de venda de produtos a preços muito reduzidos, que vai servir, igualmente, para fazer doações a quem seja sinalizado por alguma das entidades parceiras da ESTAR ou da Câmara Municipal.”

Câmara de Moura condiciona exercício do direito à greve

Zé LG, 28.01.20

«A CÂMARA DE MOURA, O DIREITO À GREVE E OS DIREITOS DOS TRABALHADORES

83289292_2377489479171153_822180998153240576_n.jpg… depois de vários trabalhadores da Câmara Municipal me terem feito chegar fotografias de uma informação, assinada por um membro do executivo camarário. Que diz essa "informação"? Que os trabalhadores que queiram ir à manifestação a Lisboa, no próximo dia 31, "deverão antecipadamente [fazer] uma participação de ausência por conta do período de férias".

Um escândalo.

A "informação" é uma coação, torpe e ilegal, sobre os trabalhadores. Que estão abrangidos por um pré-aviso de greve e que não têm nada que meter férias ou, sequer, comunicar que vão fazer greve.» ...

(foto daqui)

Alvitrando no mundo

Zé LG, 27.01.20

1. Suíça - 21

2. França - 20

3. Alemanha - 13

4. Reino Unido - 12

5. Estados Unidos - 10

Outros: Brasil - 9; Bélgica - 5; Espanha - 4; Holanda - 4; Luxemburgo - 3; Australia - 2; Moçambique - 2; Suécia - 2; Angola - 1; Czechia - 1; Finlândia - 1; Islândia - 1; Itália - 1; Macao - 1; Oman -1.

(visitas ontem: 26/01/2020)

Canoístas estrangeiros treinam na Mina de S. Domingos

Zé LG, 27.01.20

A Pista de Canoagem da Mina de S. Domingos, em Mértola, é o local escolhido para os canoístas das seleções da Alemanha, Polónia e Cazaquistão treinarem durante os meses de Janeiro e Fevereiro.

ESTAGIO2-768x432.jpgQuase três dezenas de atletas, acompanhados pelos treinadores, aproveitam as condições da Tapada Grande para realizar vários estágios de preparação para as provas deste ano, como o campeonato do Mundo e os Jogos Olímpicos.

CIMBAL exige dos CTT “serviço público de qualidade”

Zé LG, 27.01.20

202001241134264043.jpg“Já foram encerradas 23 postos e há lojas subcontratadas que não prestam um serviço universal e de qualidade, manifestado em atrasos significativos na entrega de correspondência”. São estas algumas das queixas dos autarcas, que dizem haver “uma insustentável falta de respeito pela população e pelo território por parte da concessionária”. Esta é uma discussão que volta a estar em cima da mesa porque no final deste ano o contrato com a concessionária será revisto e os autarcas querem que “a situação dos serviços prestados atualmente seja alterada”. Querem que todas “as sedes de concelho tenham uma loja” e que “a qualidade do serviço seja universal”, o mesmo será dizer “igual nos locais onde o serviço é lucrativo e naqueles em que não o é.”

PCP diz que “agricultura tão modernizada não tem beneficiado a população, nem a região”

Zé LG, 27.01.20

João Dias, deputado do PCP eleito por Beja, afirmou que “Sabemos que o uso da água de Alqueva, infelizmente, tem servido para valorizar este modelo de exploração predadora - monoculturas – e não trouxe aquilo que a população precisa”, lamentando que, após anos de reivindicação por Alqueva, “uma infraestrutura importantíssima para a região e para o país, no sentido de criar condições para valorizar a produção nacional”, esse não tenha sido o caminho seguido, que “Aquilo que é dito de uma agricultura tão modernizada, não tem beneficiado a população, nem a região”, e que se deveria apostar na produção agrícola diversificada.

202001251841051533.jpgCarlos Alves, vereador do município de Serpa, clarificou que a Câmara Municipal criou regras “em torno dos aglomerados urbanos” que definem que “numa faixa de 500 metros não podem existir este tipo de culturas”, mas estas normas “estão a ser violadas”. 

José Maria Pós-de-Mina, do Comité Central do PCP salientou que “hoje temos a obrigação” de lutar contra esta forma de exploração agrícola que voltou a levar aos campos alentejanos “o trabalho de sol a sol” e pessoas a viverem em condições desumanas.

Crédito Agrícola lança campanha “Juntos na produção Sustentável”

Zé LG, 27.01.20

"O Crédito Agrícola acaba de lançar a nova campanha CA Agricultura com a prioridade de valorizar a optimização dos recursos naturais de suporte à produção, cada vez mais escassos."

20200120154654585.jpg"Sob o claim “Juntos na produção Sustentável”, esta campanha assenta no apoio à inovação tecnológica com vista à obtenção de uma agricultura cada vez mais sustentável, permitindo aos empresários agrícolas obter melhores produtos e maior rentabilidade financeira, melhorando o meio ambiente.

João Margalha, o "Senhor Basquetebol" de Beja

Zé LG, 26.01.20

imgLoader2.ashx.jpg“O basquetebol foi uma paixão que sempre tive. Costumo dizer que é algo de que temos mesmo de gostar e depois torna-se um vício. O meu vício pela modalidade foi adquirido na Escola Secundária Diogo de Gouveia, com o antigo professor Bandeira, que na época lecionava educação física. Quem gosta de basquete, gosta para o resto da vida. Fui sempre apaixonado pelo basquete. Quando estive em Coimbra pratiquei ao nível universitário, com jogadores como Augusto Baganha e outros”.

João Margalha é uma figura incontornável do basquetebol na cidade de Beja. Antigo jogador, técnico, dirigente, hoje presidente da direção do Beja Basket Clube (BBC), é um dos pilares sobre os quais assenta a prática desta modalidade.

Leia toda a entrevista de Firmino Paixão, publicada no Diário do Alentejo.

Pág. 1/6