Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"Aeroporto de Beja: uma realidade incontornável"

Zé LG Zé LG, 03.11.19

F santos Presidente CMB .jpg"...
Mas agora temos de colocar o aeroporto ao serviço da população de Beja e do Baixo Alentejo!
Que fazer?
É urgente a criação de uma Associação de Desenvolvimento sem fins lucrativos (como na origem do Cebal) com sócios individuais e colectivos que criem uma estrutura para levar a cabo esta ingente tarefa.
Qualquer plano estratégico para o Baixo Alentejo terá forçosamente de ter como vector principal o aproveitamento do aeroporto nas suas variadas vertentes.
Dois objectivos imediatos se colocam: colocar na discussão mediática a relevância do Aeroporto de Beja como complementar ao H.Delgado e, ao mesmo tempo, dar inicio à operação através de voos "charter" ou negociando voos regulares de e para Beja com uma companhia de aviação low cost. É utópico? Talvez, mas não é impossível!

Não basta entender o Mundo, é urgente transformá-lo (Marx)."

Francisco Cruz Santos , 3 de fevereiro de 2018

“Foi uma tragédia o que, a nível ferroviário, aconteceu ao Alentejo”

Zé LG Zé LG, 03.11.19

1794692_736903596329065_115669966_n.jpg"Uma tragédia o que, a nível ferroviário, aconteceu ao Alentejo pelas mãos dos sucessivos governos do Bloco Central de Interesses. Em vez de desenvolvimento e modernização da Rede, foi liquidada para benefício do lóbi ABC também conhecido pelo lóbi dos 3ÃOS (Alcatrão, Betão e Camião). Linhas desactivadas, estações abandonadas, Carris arrancados e vendidos a sucateiros a troco de "robalos". Beja-Funcheira, Beja-Serpa, Ramais de Aljustrel, de Mora, de Vila Viçosa, etc, tudo o vento levou. Foi notícia recente que o minério de Aljustrel é agora transportado em camiões para melhor poluir o ambiente. O Porto de Sines, que poderia dar um importante contributo para que o País se posicionasse como Porta Atlântica da Europa Continental, pessimamente servido pela Rede Ferroviária. Em ziguezague, via única e pela serra. Heróis do Mar, Pobre Povo!

Manuel Fernandes Fernandes 02.11.2019 22:25", aqui.