Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

É impressão minha... ou isto anda tudo um bocado toldado?

Zé LG Zé LG, 16.10.19

73079885_2948248025189321_5603418203574239232_n.jpEspero enganar-me, mas parece-me que o António Costa está a perder o pé. A paciência já a perdeu há tanto tempo que não a consegue encontrar... Formar um governo com o maior número de ministros dos tempos da Democracia?! Quatro ministros de Estado?! Uma ministra de Estado a quem foram retiradas funções executivas? Julgo perceber a lógica, mas acho um caminho perigoso, se tivermos em conta o que se passou noutros tempos com a mesma lógica. António Costa quer ter mais tempo livre (para si e para a política pura e dura) e quer os quatro ministros de Estado com mais autonomia a tratar das matérias mais importantes e a jovem ministra de Estado a preparar-lhe as questões mais políticas. Criou novas pastas e promoveu secretários de estado a ministros, na expectativa de os responsabilizar mais. Com tudo isto, ou muito me engano ou vamos assistir a muitas confusões, a muitas guerras de (e na) capoeira, a mais ineficácia... para além de mais despesas e, provavelmente, não onde devia ser mais e melhor investido o nosso dinheiro... Como disse no início, espero enganar-me.

“Abraçar a Dor” é apresentado hoje na Biblioteca de Beja

Zé LG Zé LG, 16.10.19

dor.jpg“Abraçar a Dor” é o livro de Filomena Mourinho que é apresentado nesta quarta-feira, em Beja, na Biblioteca Municipal, e que serve de ponto de partida para uma tertúlia que fala, também, sobre como é “viver bem e feliz com fibromialgia”. A sessão começa às 21.30 horas e conta com a participação de Teresa Pataca.

A apresentação deste livro e a tertúlia sobre a problemática da dor estão inseridas no âmbito da iniciativa da Biblioteca Municipal de Beja: “Literacia da Saúde”.