Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Governo é o único responsável pelo adiamento do Rally ‘Baja TT – Vindimas do Alentejo 2019’”

"Esclarecimento aos patrocinadores,pilotos, equipas e população.

baja-tt-vindimas-do-alentejo (1).jpg

O adiamento da nossa corrida tem 2 e apenas 2 responsáveis, chamam-se Eduardo Cabrita e Capoulas Santos.

… a Camara Municipal de Beja viu-se obrigada a cancelar o alvará da prova porque a GNR cancelou a sua autorização, estes apenas cumpriram as ordens que lhes foram impostas por decreto, não podiam ter feito outra coisa.. estando sempre disponíveis para as alterar até á hora de inicio da corrida."

Filipe Cameirinha Ramos

A " Classe Política"

É importante que os "políticos" sejam capazes de manter um relacionamento estreito com as populações, que não se limitem a falar mas saibam ouvir as pessoas, sem preconceitos, de espírito aberto, disponíveis para o debate e o confronto de ideias e de opiniões, sem receios de polémicas esclarecedoras das diferenças mas indisponíveis para as estéreis, capazes de valorizar todos os contributos por mais simples que sejam, que não peçam "deixem-nos trabalhar" mas que consigam motivar, envolver, empenhar as pessoas na vida política, sendo reconhecidos como mais "um dos nossos", capazes de transformar dificuldades em desafios, terem ideias próprias, serem capazes de transformar algumas delas em projectos e de conseguirem concretizar alguns destes.

O aprofundamento da democracia exige a participação activa e crítica dos cidadãos.

É preciso dizer não à política espectáculo.

Devemos assumir os nossos direitos e cumprir os deveres de cidadania, participando activamente na vida política e pública, recusando o conceito de "classe política".

Foi assim que terminei um texto sobre a "classe política", que publiquei em Abril de 1997, no Diário do Alentejo.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds