Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

EPIROC transfere oficinas para Aljustrel

EPIROC-768x432.jpgA EPIROC, empresa do grupo Atlas Copco, com Centros de apoio em Castro Verde e Aljustrel, que actua no sector mineiro, vai deslocalizar as suas oficinas, actualmente no Porto, para Aljustrel.

O grupo adquiriu um lote com cerca de 10 mil m2 na área empresarial de Aljustrel e o investimento, na ordem de 1,5 milhões de euros, vai criar cerca de 60 postos de trabalho naquele concelho.

João Dias é cabeça de lista da CDU à AR pelo distrito de Beja

joão dias.jpgA CDU divulga primeiros candidatos às eleições para a Assembleia da República de 2019, marcadas para 6 de outubro. João Dias é o número um pelo círculo eleitoral de Beja. A apresentação oficial do candidato é feita no dia 25 deste mês, em Beja, numa iniciativa que vai contar com a participação do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa.

João Dias, tem 45 Anos, é enfermeiro especialista em Enfermagem de Reabilitação, exerceu funções na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo e na Unidade de Cuidados Continuados do Centro de Saúde de Beja. É eleito da CDU na Assembleia Municipal de Beja, deputado do PCP à Assembleia da República na XIII Legislatura, vice-presidente da Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar e membro da Direção da Organização Regional de Beja do PCP.

Governo corta apoios ao investimento para a instalação de olivais e lagares no perímetro de Alqueva

O Governo anunciou esta quarta-feira que vai suspender apoio ao investimento em olival na região do Alqueva e delimitar as manchas contínuas para proteção da biodiversidade. Luís Capoulas Santos, considera que as implicações do olival têm sido “distorcidas” pela opinião pública e não têm as pressões ambientais que lhe são atribuídas.

Olival.JPG

“Determinei, no atual quadro comunitário de apoio, que não haverá no perímetro de Alqueva mais apoios ao investimento para a instalação de olivais e de agro-industrias associadas ao olival, porque temos capacidade de laboração suficiente”, afirmou o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, no debate marcado de urgência pelo Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV), com o tema “travar as culturas intensivas e superintensivas”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds