Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

E as primeiras intenções não contam?

Zé LG, 30.06.19

Sempre que alguém toma a inciativa de promover acções em defesa do que entende estar ameaçado logo aparece quem acusa os promotores de terem segundas intenções ao terem aquela iniciativa.

65545711_2804756906221415_8130916408985911296_n.jp

Muitas vezes, essa acusação até pode ser verdadeira. Mas, por isso, vamos inibir-nos de participar ou apoiar essas acções devido às segundas intenções dos seus promotores, ignorando ou substimando as suas primeiras intenções, que justificam apoio?

65318916_2804757339554705_6828698650009403392_n.jpO desafio que deve ser lançado aos que criticam tudo o que outros tentam fazer é o de que tomem eles a iniciativa de fazer alguma coisa - e se possível, melhor -, para tentar alcançar os objectivos defenidos, que não questionam.

Fotos daqui.

Programa de Beneficiação de Equipamentos apoia três Câmaras Municipais do distrito de Beja

Zé LG, 29.06.19

As Câmaras de Odemira, Almodôvar e Barrancos viram aprovadas as candidaturas submetidas ao Programa BEM – Beneficiação de Equipamentos Municipais.

A Beneficiação do Complexo Desportivo de Odemira, no montante global de 304 mil euros; o Balcão Único Municipal de Almodôvar, orçado em 299 mil euros; e a Requalificação do Edifício Sede do Município de Barrancos no valor de 157 mil euros vão ser comparticipadas pelo Programa.

 

Porque foram apenas estas três Câmaras apoiadas? Porque foram as que se candidataram? Porque apresentaram as melhores candidaturas? Ou porque são todas do partido do governo?

Comissão de Utentes de Beja promove hoje uma concentração junto do Hospital Distrital

Zé LG, 28.06.19

65291361_2273459739537324_8729058907818819584_n.pn

A Comissão de Utentes de Beja realiza, esta tarde, uma concentração, junto à entrada principal do Hospital da cidade. Esta concentração visa mobilizar e sensibilizar a população para o agravamento da situação do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e, em particular, do Hospital de Beja. Os três deputados, eleitos pelo distrito, foram convidados a participar nesta iniciativa.

Assembleia Municipal de Beja rejeita integração da EMAS nas Águas do Baixo Alentejo

Zé LG, 28.06.19

201906262124519797.jpgA formação da parceria pública Águas do Baixo Alentejo não passou, ontem, na Assembleia Municipal de Beja. A proposta teve 16 votos contra, 15 dos eleitos da CDU mais 1 do deputado do BE, 15 votos a favor dos eleitos do PS e 2 abstenções, uma do deputado do PSD e outra do deputado do Movimento Por São Matias com Todos. Uma decisão aplaudida pelos mais de 50 trabalhadores da EMAS presentes e onde um deles disse, no início da sessão, que considerava “lamentável” a forma como o processo foi conduzido, condenando, nas suas palavras, o facto, de “não terem sido ouvidos neste processo”. Também Vasco Santana, do STAL de Beja interpelou a Assembleia, questionando sobre o futuro dos trabalhadores da empresa e a forma como a mesma seria extinta.

Leia também aqui.

Câmara de Odemira lança PRUMO para distinguir melhores obras de reabilitação urbana

Zé LG, 26.06.19

Câmara-de-Odemira-768x432.jpgO Prémio de Reabilitação Urbana do Município de Odemira (PRUMO), vai galardoar obras de reabilitação que “representem um exemplo de qualidade arquitectónica e contribuam para a valorização do património edificado do concelho”.
O Regulamento do Prémio de Reabilitação Urbana do Município de Odemira está em consulta publica.

“Vem manifestar-te, lutar e exigir mais e melhor saúde. Para ti e para todos!”

Zé LG, 25.06.19

Vamos ficar de braços cruzados sabendo que a nossa maternidade corre o risco de fechar?

E quanto à falta de médicos?

E à exaustão dos enfermeiros e outros profissionais de saúde?E o arranque da 2ª fase das obras de ampliação do hospital?

E o encerramento recorrente da ginecologia e obstetrícia?

E a falta de meios de diagnóstico?

Vamos ficar de braços cruzados a assistir ao desinvestimento no SNS e ao seu gradual desmantelamento?

Vamos permitir passivamente a aprovação de qualquer Lei de Bases de Saúde?

65426014_2273455012871130_7286695678779064320_n.pn

 

Na próxima 6ª feira, dia 28,pelas 18:30 horas, adere à concentração junto à entrada principal do Hospital José Joaquim Fernandes em Beja.

Vem manifestar-te, lutar e exigir mais e melhor saúde. Para ti e para todos!

AR recomenda plano de gestão para ZPE dos concelhos de Moura, Mourão, Barrancos e Serpa

Zé LG, 25.06.19

ZPE-768x432.jpgFoi publicado em Diário da República o Projeto de Resolução que recomenda ao Governo que elabore, no espaço de um ano, o plano de gestão do sítio e zona de proteção especial (ZPE) que correspondem os territórios dos concelhos de Moura, Mourão, Barrancos e Serpa.

A Resolução recomenda que sejam consagrados “mecanisnos de sazonalidade e apoio a estruturas relativas a itinerários e infraestruturas complementares às atividades, no âmbito da Estratégia do Turismo 2027, que consagra a natureza como ativo estratégico”.

Petição do Beja Merece+ é discutida e votada no Parlamento a 5 de julho

Zé LG, 24.06.19

A discussão, análise e votação da petição do Beja Merece+ são feitas, no Parlamento, no dia 5 de julho. O Beja Merece+ quer que sejam muitos os alentejanos a acompanhar o movimento e está a apelar à inscrição da população no autocarro que rumará a Lisboa naquela data.

201906212019093113.jpg

Recorde-se que em maio de 2018, a petição foi entregue com mais de 26 mil assinaturas e por mais de 500 alentejanos.

Na petição é exigida a conclusão da A26 (Sines - Beja – Ficalho) e a eletrificação da linha de caminho de Ferro Casa Branca - Beja – Funcheira, assim como investimento no aeroporto de Beja e melhores serviços de saúde para o Baixo Alentejo.

Guia turístico-cultural “Território Hospitalário: História Medieval da Raia”

Zé LG, 24.06.19

201906211727469913.jpgAracena, Aroche, Moura e Serpa têm uma história comum durante a Idade Média, vinculada à Ordem de São João do Hospital. O fortalecimento desses laços históricos materializou-se através da concretização de uma Rota de Turismo Cultural inspirada nos castelos destas populações.

Esta rota é o resultado do projeto transfronteiriço que desenvolveu várias atividades entre março e junho deste ano, incluindo a edição de um folheto trilingue, em português, espanhol, inglês sobre as quatro fortalezas, que foi apresentado no dia 20 de junho, em Aracena.

"Sou um privilegiado"

Zé LG, 23.06.19

"Por tudo aquilo que aqui foi dito, posso dizer com toda a propriedade que sou um privilegiado, pois fui desde muito novo tocado pela referida "magia" e felizmente hoje usufruo destes locais (Bibliotecas Municipais de Aljustrel e Beja) com a naturalidade de uma conquista que há três ou quatro décadas eram puras miragens." - assim termina Manuel Camacho uma das suas 40 crónicas publicadas no Diário do Alentejo, que agora reuniu em livro, que na Sexta-Feira apresentou na Biblioteca Municipal de Beja, depois de o ter apresentado na Biblioteca Municipal de Aljustrel.

IMG_8153.JPG

Pedreira de Vila Viçosa vai poder ser apreciada numa plataforma de vidro suspensa

Zé LG, 23.06.19

60e8fa0727e3e0f10753a638cfcf9553-754x394.jpg

Na Pedreira Monte D’El Rey, em Vila Viçosa, nasceu um circuito de turismo industrial dedicado às suas maiores riquezas locais: a paisagem e a extração de mármore. Por isso, será lançada nos próximos dias uma nova rota turística que pretende chamar mais pessoas à região e inclui uma experiência no mínimo original: visitas ao fundo da pedreira, através de uma plataforma de vidro suspensa por uma grua. Em breve, até vai poder jantar por ali.

Pág. 1/5