Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

João Cravinho diz que “o Alentejo beneficiaria com a regionalização”

regionalização.jpgJoão Cravinho, coordenador da Comissão Independente para a Descentralização, criada pela Assembleia da República, considera que a Regionalização do país é um processo que demorará entre uma a duas legislaturas para ser implementada.

João Cravinho avança que o processo vai ser lento e considera mesmo, que é preciso esclarecer se há vontade política, ou não, para implementar a regionalização e que o Alentejo beneficiaria com a regionalização porque há muito por fazer e seria possível, igualmente, definir o rumo do aeroporto de Beja, “potencialidade que não se está a saber aproveitar”.

Festa do Azulejo em Beja

festa do azulejo.jpgExposições, concursos, puzzles e jogos são algumas das propostas da Festa do Azulejo 2019, que se realiza nesta terça e quarta-feira, em Beja. A organização pertence à Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja (adpBeja), em colaboração da autarquia bejense.

Fazer a Festa do Azulejo em Beja faz todo o sentido, tendo em conta, recorda Florival Baiôa, presidente da Direção da AdpBeja, que esta foi a primeira cidade do país a importar azulejos e a colocá-los nos seus monumentos e igrejas.

A Festa do Azulejo 2019 começa hoje, às 18.00 horas.

Encontros para a Competitividade e Inovação hoje no distrito de Beja

se.jpgO IAPMEI realiza, nesta terça-feira, o 6º Roteiro dos “Encontros para a Competitividade e Inovação”, no Distrito de Beja, com as empresas e entidades ligadas ao sistema científico e tecnológico. Esta iniciativa conta com a presença do secretário de Estado da Economia, João Correia Neves e tem como objetivo evidenciar as melhores práticas do distrito de Beja.

Este encontro engloba a visita a várias empresas da região, de forma a destacar exemplos das melhores práticas ao nível da inovação e da incorporação de conhecimento e tecnologia na sua atividade, assim como a visita e encontros com entidades ligadas à envolvente empresarial e ao sistema científico e tecnológico.

“VENEZUELA E O LADO CERTO DA HISTÓRIA”

Ver o Ocidente de gatas ante os americanos tornou-se banal. Até a França, sempre disposta a respingar (outros tempos...), segue o padrão. A política é hoje feita não por ideologias mas por agências de comunicação.

flg.png

É certo que Nicolás Maduro é um sucedâneo de pouca qualidade. O próximo passo, depois de todos os embargos e de todos os constrangimentos, será a entrada de mercenários. A história vai acabar mal.

Com que lado da História me identifico, na América Latina? Com o de Evo Morales, de Rafael Correa, de Velasco Alvarado, de Hugo Chávez, de Salvador Allende, de Fidel Castro, de Juan José Torres, de João Goulart... Com os que estiveram ao lado do Povo e contribuíram para que a América Latina pudesse, ao menos um pouco, deixar de ser a quinta das traseiras de Washington, um bordel barato e com matérias-primas à discrição. Com quem nunca estarei? Com René Barrientos, com Hugo Banzer, com Jorge Videla, com Costa e Silva, com Fulgencio Batista, com García Meza, com Díaz Ordaz, com Pérez Jiménez. Talvez alguns se lembrem o tratamento dado pelos venezuelanos aos agentes da polícia política deste último.

Em muita coisa mudei ao longo da vida. Nas convicções mais fundas, não.

Publicada por Santiago Macias à(s) 00:03, de 3-5-2019, no seu “avenida da salúquia 34”

 

Gosto muito do Santiago Macias, designadamente por dizer e escrever o que pensa sem se preocupar com a (in)conveniência das opiniões que publica. O que vai sendo raro nos dias que correm...

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds