Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Investigação do Outeiro do Circo volta a ser apoiada pela autarquia de Beja

Zé LG Zé LG, 03.01.19

201901021501025321.jpgMiguel Serra, um dos arqueólogos responsáveis pelas escavações no Outeiro do Circo, afirma que aquilo que está previsto surge no âmbito do trabalho que está a ser desenvolvido, desde 2014, naquele povoado da Idade do Bronze e que este novo projecto, a desenvolver entre 2019 e 2021, volta a contemplar para além da vertente de escavações, um conjunto de iniciativas paralelas.

Centro Interpretativo para o Cante Alentejano vai ser criado em Serpa

Zé LG Zé LG, 02.01.19

201812261526079364.jpgA Câmara de Serpa tem em exposição, na Casa do Cante, o projecto de Arquitectura do Centro Interpretativo para o Cante Alentejano, da autoria de João Abreu.

A obra tem o valor de 120 mil euros e um prazo de execução de 10 meses.

Com a construção do Centro Interpretativo, a autarquia pretende criar “um espaço expositivo maior, que permita uma utilização mais ampla”.

Alunos do ensino especial de Moura e Amareleja vão ter sessões de hipoterapia, com o apoio da Câmara Municipal

Zé LG Zé LG, 01.01.19

6960_big.jpgSegundo informação da autarquia de Moura foram já assinados protocolos que visam conceder apoio financeiro para a realização de aulas de hipoterapia a alunos acompanhados pelo grupo de educação especial de Moura (que engloba duas unidades, a de Ensino Estruturado e a de Ensino Especializado/Multideficiência), assim como pela Unidade de Ensino Estruturado de Amareleja, no ano lectivo 2018/2019.

2019 poderá ser um ano de viragem em Beja se…

Zé LG Zé LG, 01.01.19

… concretizarem alguns dos pojectos (públicos e privados) anunciados, designadamente:

IMG_5849.JPG

- a intervenção na linha férrea e no material circulante;

- a abertura do troço de autoestrada desde a autoestrada Lisboa - Algarve até à Malhada Velha e a melhoria da rede viária no concelho;

- uma maior utilização do Aeroporto, para fins turísticos e de transporte de produtos produzidos na região;

- a construção e entrada em funcionamento de uma unidade de desmantelamento de aviões;

- a infraestruturação da zona de expansão do Parque Industrial e a consequente instalação de empresas;

- a construção e entrada em funcionamento de uma fábrica de sumos, aproveitando a produção regional, bem como de outras unidades similares;

- uma maior fixação da riqueza aqui produzida, designadamente ao nível da agricultura intensiva, gerada em consequência da implementação do regadio de Alqueva;

- a melhoria do funcionamento dos serviços de Saúde, através da contratação de pessoal médico, de enfermagem e outro, capaz de impedir o encerramento de mais serviços, melhorar os actuais e criar condições para a retoma de outros encerrados sem cabal justificação, bem como o avanço da 2ª fase dos Hospital de Beja;

- um melhor acompanhamento do funcionamento das escolas, de forma a suprir atempadamente necessidades de manutenção, colocação de pessoal docente e outro e melhorar o processo de inclusão aos vários níveis;

- a recuperação da pista de atletismo e a melhoria das instalações de apoio à piscina descoberta;

- a concretização de projectos sociais, de forma a assegurar uma maior inclusão social;

- a revitalização do Centro Histórico, nomeadamente através da recuperação de habitação de forma a travar o seu progressivo despovoamento.

Pág. 10/10