Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“Implementação de orçamentos participativos”

20190128111013130.jpgfoi o mote de mais um ciclo de debates internos que a Federação do Baixo Alentejo do Partido Socialista realizou, no fórum municipal de Castro Verde.

Na sessão foram apresentados três casos práticos: a experiência de Odemira de oito anos de orçamentos participativos, o caso de Mértola com a construção, no primeiro ano, deste mecanismo de participação pública e o processo de preparação que se encontra em curso em Casto Verde.

Estes ciclos de debates pretendem “proporcionar o estudo do caso, recorrendo a boas práticas existentes e conhecedores do tema, permitindo depois a disseminação do conhecimento e das boas práticas nas mais diversas áreas”.

Rui Marreiros, Coordenador do Gabinete de Estudos da Federação do Baixo Alentejo do Partido Socialista refere que estes ciclos vão continuar. A próxima sessão acontece em Beja, no final do próximo mês. No encontro serão debatidos os Fundos Comunitários.

Associação de Agricultores do Campo Branco comemora 30 anos de atividade

151020141257-901-AACB.jpgA Associação de Agricultores do Campo Branco, com sede em Castro Verde, comemora a 30 de janeiro, 30 anos de atividade, com um conjunto de colóquios que terão lugar a partir das 09h15, no Pólo II da AACB e, a partir das 14h30, no Cineteatro Municipal de Castro Verde. A sessão de encerramento será presidida pelo Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Dr. Luís Capoulas Santos.

Ver PROGRAMA.

Reguengos de Monsaraz vai exportar carne de porco e, eventualmente, vinho para a China

 

6940_big.jpg

No âmbito da visita promovida há três meses pela ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo à China e pelo início do negócio de exportação de carne de porco pela empresa AGP Meat para a província de Hunan, Reguengos de Monsaraz vai enviar contentores com carne de porco “num total de 300 milhões de euros em vendas”.

Uma delegação de empresários chineses visitou o Concelho e verificou a boa qualidade dos “nossos produtos” e “adquiriu centenas de caixas de vinhos para analisar a receptividade dos consumidores e posteriormente consolidar uma parceria de exportação de vinhos para esta província chinesa com 73 milhões de habitantes."

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds