Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

CDU contesta o aumento da água aprovado pela maioria PS na Câmara de Beja

060820151523-158-guatorneira.jpgOs vereadores da CDU frisam que votaram contra o aumento da factura da água para as autarquias (Câmara e Juntas) e para os munícipes, “aumento este que será levado a cabo por via da componente de água de abastecimento e por via do aumento tarifário da componente de águas residuais”, sendo de salientar “o aumento que se encontra previsto para as famílias numerosas”.

Os vereadores da CDU afirmam que “a revisão tarifária é uma necessidade da EMAS, mais que não seja para dar cumprimento às recomendações das ERSAR, as quais podem trazer uma maior uniformidade ao tarifário”, situação que, na opinião destes eleitos “não foi tida em consideração nesta proposta de atualização, que tem apenas como objetivo o aumento de receitas de curto prazo às custas dos orçamentos familiares” e “cuja fatura deste mês de janeiro já revela esse impacto significativo.”

“Roteiro 2019. Desafiar o Futuro” com a presença do SE do Desenvolvimento e Coesão

201804152321441884.pngO auditório da CCDRA-Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo recebe, hoje, o evento “Roteiro 2019. Desafiar o Futuro”, às 9.30 horas, com intervenções de Roberto Grilo, presidente da CCDRA e Nelson Brito, presidente do Conselho Regional. Segue-se a apresentação do projecto “ Menos uma garrafa de plástico” a cargo de Carmen Carvalheira, a conferência “Os desafios da convergência” com Carlos Zorrinho e uma mesa temática onde vão ser abordados os temas “Os dados e o território”, “A sustentabilidade e o território” e “A governação e o território”.

As conclusões do encontro são apresentadas por João Ferrão, numa sessão que conta ainda com a intervenção do secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza.

PCP receia encerramento de serviços como a obstetrícia e exige respostas sobre “carência de médicos” na ULSBA

070620161129-357-HOSPITALDEBEJA.jpgO PCP manifesta o seu desagrado por aquela que diz ser “a crónica carência de médicos na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), particularmente no que respeita à urgência de obstetrícia”, frisando que já este ano, no dia 6 de Janeiro, “o serviço de urgência obstétrica esteve encerrado durante 12 horas o que implicou à deslocação de grávidas ao Hospital do Espírito Santo em Évora”.

O Conselho de Administração da ULSBA e o Ministério da Saúde, em resposta a requerimentos de João Dias, deputado do PCP eleito por Beja, “têm reconhecido as dificuldades e admitido o risco eminente de colapsar nas urgências de Pediatria e Obstetrícia e graves dificuldades nos serviços de Anestesiologia, Radiologia, Cirurgia Geral e Ortopedia”.

A DORBE do PCP, receia o encerramento de serviços como a obstetrícia, em Beja. Pelo que vai fazer uma visita à unidade hospitalar, prevista para o próximo dia 21 de Janeiro.

Daqui e daqui.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Deve haver algum ruído de fundo e bem forte, ou en...

  • Anónimo

    Não sei?Mostre lá um único estudo ambiental sobre ...

  • Anónimo

    Tão mauzinho!

  • Anónimo

    O Grupo que controla a UCASUL quer criar uma nova ...

  • Ana Matos Pires

    Explique-me lá o que não percebe, pf.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds