Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Afinal em que é que ficamos?

Zé LG, 16.11.18

Uma das críticas que mais frequentemente é feita aos políticos é a de agirem como carneiros, cumprindo sempre as orientações das direcções partidárias, mesmo que em desacordo com a sua consciência. 

Mas quanto eles agem de acordo com a sua consciência e não respeitam aquelas orientações, aqui d'el-rei que o partido em causa se transformou num saco de gatos e que prestam um mau serviço ao partido e uma má imagem da política. 

Ora, quando não estão em causa os pilares que suportam os partidos como organizações com ideologia, política e políticas e princípios comuns a todos os que a eles aderem, não será de, para além de aplaudirmos, exigirmos que todos os políticos actuem de acordo com a sua consciência? 

Hoje, o desejo de tudo comentarmos em cima dos acontecimentos retira-nos capacidade crítica. Facilmente embarcamos na clubite, na partidarite, que nos leva frequentemente à análise das coisas com base n' "o meu é melhor que o teu". E nem sempre tudo o que é meu é melhor do que é teu...