Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Paulo Barriga ganha bolsa da Gulbenkian para investigar mudança fundiária em zona do Alqueva

201811021734494317.jpg

O jornalista Paulo Barriga, diretor do Diário do Alentejo (DA), foi um dos vencedores das primeiras Bolsas de Investigação Jornalística da Fundação Calouste Gulbenkian. Entre 75 projetos, a proposta de Paulo Barriga, que visa a observação da mudança fundiária em zona do Alqueva, desde a Idade do Ferro até ao tempo atual, “A última reforma agrária”, foi uma das contempladas.

Estas bolsas foram criadas pela Gulbenkian e foram dadas exclusivamente a candidaturas de jornalistas - e não a órgãos de comunicação social. O valor da bolsa é de 15 mil, vai durar um ano e a publicação do trabalho final será feita na editora Abismo.

Paulo Barriga realçou o facto, para ele mais importante, destas bolsas promoverem a independência na investigação jornalística.

Afinal, o que vai acontecer ao Parque de Campismo?

19907971_2cNQv.jpeg

Depois de ter denunciado aqui, em 29.06.2016, que CÂMARA DE BEJA QUER PRIVATIZAR A GESTÃO DO

PARQUE DE CAMPISMO, o PS manifestou-se, em 17.09.2016, CONTRA FUTURA LOCALIZAÇÃO DO PARQUE DE CAMPISMO NA “MATA” DA CIDADE DE BEJA.

Mais tarde, em 21.02.2017, Rui Marreiros divulgou que O Presidente da Câmara informou que no concurso para a concessão do parque de campismo apenas foi recebida uma proposta, manifestando-se contra este processo pouco transparente e propondo abrir a discussão à população e ao debate público, …

19736059_hnb5S.jpeg

Até hoje, que eu tenha dado conta, nada mais foi torado público sobre este processo e o futuro do Parque de Campismo. Tendo em conta o tempo passado e o estacionamento cada vez mais frequente e em maior número, de auto caravanas em locais não preparados para o efeito, não seria oportuno um esclarecimento do Executivo Camarário sobre o estado do processo e o que se propõe fazer para criar melhores condições de parqueamento de auto caravanas e de campismo?

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds