Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

O que quer o governo para o Aeroporto de Beja?

Aeroporto-Beja-13-768x432.jpg

A Força Aérea Portuguesa (FAP) deu um parecer desfavorável ao projecto de instalação de uma escola de pilotos no aeroporto de Beja. A revelação foi feita por Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, que afirma que o processo estava “fechado” com os diversos parceiros: Instituto Politécnico de Beja, ANA Aeroportos e Câmara de Beja e que previa a instalação de várias aeronaves, 150 alunos e 30 pilotos, instrutores e mecânicos.

 

Lido o que foi dito assim, até parece que a culpa é da FAP, como se esta não dependesse do governo, designadamente do Ministério da Defesa. Sendo assim, talvez Paulo Arsénio deva pedir explicações ao primeiro-ministro e secretário-geral do seu partido, PS, sobre o que pretende que o Aeroporto de Beja seja, que funções deve desempenhar. Porque, se o parecer da FAP se mantiver é melhor dizer que o Aeroporto de Beja já foi… Talvez os barracões sirvam para um centro comercial …

Escolas precisam de manutenção

O estado de degradação de algumas escolas é assustador. E mais assustador ainda é ver-se a degradação a a avançar de forma galopante e nada se ver para a travar.

Começaram as chuvas, as caleiras e os algerozes não foram limpos e agora entopem e obrigam as águas, algumas bastante sujas dos dejectos das aves, a infiltrarem-se nas paredes e a a escorrerem pelas juntas. O mesmo acontece com a falta de limpeza dos sumidouros, com as águas, muitas vezes arrastando terra, a encharcarem os pavimentos. Com as portas e janelas acontece o mesmo...

Até onde é que isto vai parar? Não há meios? Não há responsáveis? Vão deixar os edifícios degradarem-se até ao ponto de necessitarem de grandes reparações, por falta da necessária manutenção? E, entretanto, as comunidades escolares vão sofrendo as consequências daí decorrentes e depois vamos todos pagar mais...

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds