Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ALVITRANDO "DE CARA LAVADA"

Há bastante tempo que andava a querer alterar o aspecto do Alvitrando. Essa vontade foi reforçada, nos últimos tempos, com alguns conselhos do "Blogs Sapo" para melhorar o acesso ao blogue. Fui adiando esse desiderato, porque mudar nem sempre é fácil e, umas vezes por falta de tempo, outras para preparar melhorar as alterações a introduzir, outras ainda por falta de conhecimentos, e também por múltiplas outras razões e desculpas. Hoje, porque me lembrei desse desejo e porque pude contar com a prestimosa colaboração de um colega, avancei. Ainda não será este o aspecto final, porque ainda pretendo fazer alguns ajustamentos, mas já e finalmente "lavei a cara" do Alvitrando. Espero que nada se tenha perdido e que gostem...

 

E-TOUPEIRA OU A VENDA DE INFORMAÇÕES EM SEGREDO DE JUSTIÇA A PREÇO DA UVA MIJONA

O processo e-toupeira, cuja discussão quase fez parar o país nos últimos dias, vem confirmar uma coisa que já toda a gente sabia - o acesso a processos em segredo de justiça banalizou-se de tal forma que a venda das informações neles "recolhida" é feita ao preço da uva mijona ou a preço de ouro, conforme se avaliem as camisolas do Glorioso... Mas, por isso também, não deixa de ser curioso que este processo seja o único - ou um dos muito raros -, que levou à prisão preventiva da toupeira. Todas as outras toupeiras que "disponibilizam" aos jornais e a outros órgãos de comunicação social - e a outras entidades também -, informações em segredo de justiça mantêm-se em liberdade e a prestar o seu serviço...

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds