Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

NÃO PODEMOS PERMITIR QUE GOZEM COM A GENTE!

IMG_3744.JPG

Justificar a manutenção do encerramento de um troço de autoestrada concluído há meses com o atraso na construção da portagem e obrigarem-nos a circular por uma estrada cada vez mais degradada e insegura só pode ser gozo... O governo está a gozar connosco e ainda por cima António Costa tem o desplante de afirmar que “Esta é uma região querida para o PS”. O que faria se não fosse!... 

Mas perante este desaforo, o que fazer? Até onde estão dispostos a ir os líderes da região (dos partidos, das autarquias, dos movimentos, das associações empresariais e sindicais, ...) para obrigar o governo a fazer o que já devia ter feito: abrir imediatamente o troço da autoestrada que liga a A2 a Santa Margarida do Sado / Malhada Velha?

Este é um bom teste à capacidade da região se bater pelo que verdadeiramente interessa. Esta é uma questão que interessa a todos. Se não formos capazes de nos unir para que aquele objectivo se concretize nos próximos dias ou semanas é melhor calar-nos até nos esquecer-nos disso...

JÁ TÊM ALQUEVA, O QUE QUEREM MAIS?

António Costa defraudou as expetativas dos baixo alentejanos

201807031440547378.jpg

António Costa esteve na sessão de encerramento das Jornadas Parlamentares do PS, na Pousada do Alqueva, mas não falou sobre nenhuma das exigências prementes do distrito de Beja, referindo-se apenas ao investimento de Alqueva, frisando que foi o PS o grande responsável pelo mesmo. 

O secretário-geral do PS deixou os baixo alentejanos sem respostas sobre a A26 e sobre a possibilidade de se introduzir, ou não, a eletrificação da linha férrea Beja/Casa Branca, no PNI 2030, apesar do líder parlamentar do PS Carlos César, ter afirmado, em Beja, essa possibilidade. Sem respostas ficou, igualmente, o futuro do Aeroporto de Beja.

E O DISTRITO DE BEJA É O ENTEADO

António Costa deixou os baixo alentejanos sem respostas 

ps.jpg

“Esta é uma região querida para o PS” afirmou António Costa no encerramento das Jornadas Parlamentares do PS, na Pousada do Alqueva, dizendo que por isso mesmo investe “no Hospital Central, em Évora, na linha de caminho de ferro entre o Porto de Sines e o Caia e na valorização das acessibilidades locais”. Sobre acessibilidades no distrito de Beja nada foi dito pelo secretário-geral do PS.

 

E como se esta “mão cheia de nada” não bastasse, o governo ainda teve o desplante de justificar a não abertura do troço da A26 entre Grândola e Santa Margarida do Sado, concluído há meses, com problemas na conclusão da praça de portagens.

Ou seja, enquanto não forem criadas condições para termos de “pagar mais este favor”, o governo obriga-nos a circular por uma via cada vez mais degradada e insegura… Razão tem o PCP, que “rejeita manobras de diversão” e exige “seriedade” ao PS.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds