Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

MORREU AFONSO CAUTELA

Afonso-cautela-Copy.jpg

Afonso Cautela nasceu em Ferreira do Alentejo, em 1933. Professor do ensino primário e jornalista, exerceu várias atividades de emergência. Foi pioneiro nas preocupações com o meio ambiente e os problemas do consumismo.

Voz interventiva e exemplo cívico, Afonso Cautela foi um dos primeiros em Portugal a apelar à intervenção das pessoas comuns e dos responsáveis para que fosse travado o envenenamento do ar, da água, dos solos, isto é, das fontes da vida. Na sua intervenção cívica, destacou-se como fundador do Movimento Ecológico Português, onde criou e dirigiu o jornal Frente Ecológica. Da obra ensaística, numerosa, sobretudo nesse domínio, referem-se apenas três títulos: Ecologia e Luta de Classes, Depois do Petróleo, o Dilúvio e Contributo à Revolução Ecológica.

PS REALIZA JORNADAS PARLAMENTARES EM BEJA

pedro-do-carmo-AR-768x512.jpg

O distrito de Beja recebe Jornadas Parlamentares do PS, nos dias 2 e 3 de julho. Esta realização vai permitir um maior conhecimento do território e vai ser também, um momento de reivindicação das necessidades da região.

Na próxima segunda-feira três grupos de Deputados percorrerão o território do Baixo Alentejo, de Odemira a Barrancos, em contactos com instituições, empresas e realidades de um Mundo Rural “em crescente afirmação, nas marcas de identidade e nas actividades económicas”.

Na terça feira, tem lugar uma reunião plenária das Jornadas Parlamentares, no paredão de Alqueva, com a participação do Secretário Geral do Partido Socialista e Primeiro Ministro, António Costa.

Leia mais AQUI.

MORREU JOSÉ MANUEL TENGARRINHA

José Manuel Tengarrinha, fundador do MDP/CDE, morreu ontem, aos 86 anos.

tengarrinha.jpg

Professor catedrático jubilado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, jornalista, escritor, investigador, político, cofundador do MDP/CDE, José Manuel Tengarrinha foi deputado à Assembleia Constituinte, em 1975-76, e nas quatro primeiras legislaturas, até 1987.

Antes do 25 de Abril, participou e liderou a constituição da Comissão Democrática Eleitoral (CDE), nascida em Lisboa, que se estendeu a mais distritos do país, para disputar as eleições de 1969, em plena ditadura do Estado Novo.

Detido várias vezes pela PIDE, a polícia política do fascismo, Tengarrinha esteve preso na Cadeia do Aljube, em Lisboa, e no Forte de Caxias, de onde foi libertado nos dias que se seguiram à queda do anterior regime.

O corpo vai no domingo, às 18:00, para a Basílica da Estrela, em Lisboa, de onde sairá na segunda-feira para cremação, numa cerimónia reservada à família.

PORTUGAL 2020, QUE REPROGRAMAÇÃO?

.. lamenta-se que não tenha havido vontade política para acolher nesta reprogramação investimentos fundamentais para a coesão territorial, sinalizados e justamente reclamados no Alentejo e noutras regiões, de entre os quais, a título exemplificativo, não poderemos deixar de referir modernização da ferrovia, o acesso rodoviário a Beja e a ampliação do hospital distrital, remetidos para as calendas. Incompreensível porque não se descortina fundamento técnico ou financeiro que justifique tamanha insensatez e insensibilidade. Inaceitável, quer pela pertinência e urgência do investimento, quer pelos montantes em causa, residuais, sublinha-se, face aos montantes ora em perspetiva de reafetação, sem dificuldades em acomodar aqueles projetos, assim se cultivassem princípios como os da subsidiariedade e equidade regional e inter-regional.

 

 

SECRETÁRIO DE ESTADO ESCLARECEU CIMBAL SOBRE TRANSFERÊNCIA DE COMPETÊNCIAS

CIMBAL-2-768x432.jpg

A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) promoveu uma sessão de trabalho com o Secretário de Estado das Autarquias Locais, para discutir a transferência de competências.

Carlos Miguel apresentou a Proposta de Lei que estabelece as competências que transitam para as autarquias locais e para as entidades intermunicipais.

Na reunião foram abordados muitos dos sectores objecto de possibilidade de transferência de competências, com especial enfoque na Educação.

Foram igualmente apresentados o Fundo de Financiamento da Descentralização e as alterações à Lei das Finanças Locais. 

Lei também AQUI.

Pág. 1/9

Comentários recentes

  • Anónimo

    É uma questão de tempo. André Ventura ainda irá da...

  • Anónimo

    Se depois dessas apostas o desempate depender de u...

  • Anónimo

    A propósito, temos o caso do Munhoz Frade. Apesar ...

  • Mais Beja

    Tenho 1€, e posso apostar onde ganho 3 vezes ou on...

  • Anónimo

    Pois é, mas a matemática também serve para desempa...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds