Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

IMAGENS DE BEJA (1)

IMG_4155.JPG

Foi nesta bela piscina municipal, que aprendi a dar as pimeiras braçadas, nos finais dos anos sessenta. Não tinha muito jeito para a natação, de que gostava muito e me fazia ter uma grande inveja dos campeões daquela altura: Os Espinho, os Nolasco, o Emídio, o Peres, a Palmira e tantos outros, que fizeram de Beja uma referência naquele desporto. E não posso nem quero terminar este apontamento sem referir alguém, que desde o princípio e até à sua aposentação, foi uma imagem de marca deste espaço - o Senhor Sesimbra, nadador-salvador, treinador e tudo o mais que fosse preciso.

BEJA APRESENTA CANDIDATURA PARA CRIAÇÃO DE PARQUE FLUVIAL

praia.png

A Câmara Municipal de Beja apresentou uma candidatura ao Programa Valorizar do Turismo de Portugal para a criação do Parque Fluvial dos Cinco Reis localizado a cerca de 4kms da cidade de Beja.
O projeto visa a criação de uma praia fluvial com plataformas para atividades náuticas, assim como um parque de merendas, percursos pedonais e cicláveis, abrigos para observação de aves, dois parques de estacionamento e a plantação de árvores, em articulação e parceria com a EDIA e entidades privadas para a criação de atividades de dinamização e promoção turística.

In: B NEWSLETTER |maio 2018 | Câmara Municipal de Beja

ANTÓNIO JOÃO VALÉRIO ACUSA O GOVERNO DE VALORIZAR POUCO O TERRITÓRIO

Reeleito pela CDU para a presidência de Alvito, António Valério acredita que “a realidade ultrapassa a dimensão ideológica”.

AJV.jpg

Alvito, um dos mais pequenos concelhos do País em termos populacionais, há duas eleições consecutivas que elege para a presidência da câmara, nas listas da CDU, um antigo professor de História. Neste entrevista partilhada entre o “Diário do Alentejo” e a Rádio Voz da Planície, o independente António João Valério revela por que razão não gosta de “ter compromissos” com qualquer ideologia política, queixa-se da falta de solidariedade entre os diferentes municípios do Baixo Alentejo em relação a temas fundamentais, acusa o Governo de valorizar pouco o território e, apesar de apoiar a carta de princípios do movimento Beja Merece +, diz não se reconhecer na sua denominação: “O Alentejo não se pode confundir com Beja”. 
Texto Paulo Barriga e Inês Patola Foto José Serrano.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds