Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ACTUAL REITORA DA UNIVERSIDADE DE ÉVORA É CANDIDATA ÚNICA A NOVO MANDATO

fgvvv_0_0.jpg

Ana Costa Freitas, 63 anos, professora da Universidade de Évora desde 2002, licenciada em agronomia e doutorada em Biotecnologia Alimentar, Reitora da Universidade de Évora desde maio de 2014, prepara-se para ser reconduzida no cargo até 2022.

A ex-conselheira política de Durão Barroso em Bruxelas é candidata à reitoria da Universidade de Évora sem oposição e as eleições acontecem a 22 de Março.

AROMÁTICAS DE ALEGRETE MEDALHADAS EM CONCURSO NACIONAL

28424535_1657795727630591_1883811952710807597_o.jp

A Erva Príncipe Bio e a Perpétua Roxa Bio, da empresa Aromas da Vila, sedeada na Quinta do Pego Redondo, em Alegrete, concelho de Portalegre, foram distinguidas com medalha de ouro e Bronze, respetivamente no 5º Concurso Nacional de Ervas Aromáticas Tradicionais e Infusões, que decorreu em Santarém. Recebeu ainda uma Menção Honrosa para o Acondicionamento pela forma de apresentação muito cuidada, no que respeita à sua Embalagem Primária.

A Aromas da Vila é uma empresa de cariz familiar, cujo objeto principal é a produção de plantas aromáticas, medicinais e condimentares em modo biológico. Iniciou a atividade em 2016 e exporta e comercializa quase a totalidade das aromáticas que produz para o mercado francês.

"AGDA VAI INVESTIR 64 MILHÕES NO DISTRITO DE BEJA ATÉ 2020"

20180222171150.jpg

O presidente do conselho de administração da Águas Públicas do Alentejo (AgdA), Joaquim Marques Ferreira, revela ao "CA" os investimentos que a empresa tem em curso no Baixo Alentejo, que superam os 60 milhões de euros. Marques Ferreira garante ainda que estas obras irão assegurar "o abastecimento de água em quantidade e qualidade à população" do distrito de Beja.

MUSEU REGIONAL VAI FINALMENTE PASSAR PARA A CÂMARA DE BEJA?

20180222230717186.jpg

Jorge Rosa, presidente do Conselho Intermunicipal da CIMBAL, na entrevista de ontem à Voz da Planície/Diário do Alentejo revelou que não concorda com o facto de ser a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo a ter a seu cargo o Museu Regional de Beja.

Paulo Arsénio, o presidente da Câmara de Beja, afirmou que a autarquia está disponível para assumir esta solução

 

Será desta vez que o que parece óbvio vai acontecer?

LIMITAÇÕES LOGÍSTICAS E FINANCEIRAS OU SECTARISMO POLÍTICO?

Câmara de Beja não aprovou novo projecto para o Outeiro do Circo

120220141116-897-OUTEIRODOCIRCOESCAVAES.jpg

Os coordenadores do Projecto Arqueológico do Outeiro do Circo revelam que o novo projecto de investigação para 2018/2021 submetido à apreciação da Câmara de Beja em Dezembro de 2017 não mereceu o apoio desta entidade, não sendo assim possível a sua prossecução.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara Municipal de Beja, afirma que as condições logísticas e financeiras que foram apresentadas pelos responsáveis do projecto do Outeiro do Circo são incomportáveis para o município.

HOSPITAL DE ELVAS VAI TER CLÍNICA DE ALTA RESOLUÇÃO

de333.jpg

O Alentejo 2020 aprovou a candidatura “Reestruturação do Ambulatório do Hospital de Elvas em Clínica de Alta Resolução”, um projeto de reestruturação no Hospital de Santa Luzia em Elvas e que prevê a instalação de uma Clínica de Alta Resolução naquela unidade de saúde e que pretende assegurar anualmente entre 35 a 40 mil consultas, 5500 exames especiais e 2200 cirurgias.

O investimento é de um milhão de euros, com uma comparticipação de 850 mil euros dos Fundos Comunitários, sendo que a parte restante será suportada pela associação Coração Delta e por nove municípios que beneficiarão com a obra (Arronches, Campo Maior, Monforte, Sousel, Alandroal, Borba, Estremoz e Vila Viçosa).

CÂMARA DE CASTRO VERDE VAI INTEGRAR TRABALHADORES PRECÁRIOS

Castro-Verde-precarios-768x512.jpg

O Presidente do Município reuniu com os trabalhadores precários para expressar a sua vontade em enquadrar nos serviços municipais doze pessoas, nomeadamente, um técnico superior, seis assistentes técnicos e cinco assistentes operacionais que desempenham funções em diferentes sectores.

Esta medida está enquadrada no Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública e depois da reunião prévia mantida com os trabalhadores, a necessária alteração ao mapa de pessoal da autarquia será analisada e votada em reunião extraordinária da Câmara Municipal, a realizar dia 26 deste mês e na Assembleia Municipal, no dia 28.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O Maneta é Ministro ou autarca ?nao será dar-lhe e...

  • Anonimo

    Com tantos votos que o baixo alentejo decidiu atri...

  • Anónimo

    Esta resposta destina-se ao anónimo do dia 17.1020...

  • Anónimo

    o teu problema é muito mais grave, já não encontra...

  • Anónimo

    Falta a apreciação dos verdadeiros adeptos ! Que s...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds