Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“O ESTADO DA SAÚDE NA REGIÃO” EM DEBATE PROMOVIDO PELA VOZ DA PLANÍCIE

201802231913096443.jpg

A Voz da Planície quer saber qual é “O Estado da Saúde na Região” e vai debater esta matéria, no dia 15 de março, a partir das 17.30 horas, na Cafetaria do Pax Julia – Teatro Municipal de Beja, com médicos, enfermeiros e decisores políticos. E porque a saúde é um fator fundamental para o desenvolvimento este vai ser um debate aberto ao público, e com transmissão em direto, onde todos podem participar.

Em entrevista à Voz da Planície, Miguel Guimarães, Bastonário da Ordem dos Médicos, afirma que a ULSBA tem necessidade de novas instalações e de equipamentos para o exercício da atividade profissional e grandes carências de especialistas, concluindo que só quando houver abertura de concursos para os especialistas que terminam a sua formação é que a ordem das coisas se vai alterar no Hospital e centros de saúde, caso contrário, o Interior nunca se irá desenvolver.

A CÂMARA E A ACOS, O PARQUE DE FEIRAS E EXPOSIÇÕES, A OVIBEJA E A RURALBEJA

Após quatro meses de mandato autárquico e a dois meses da 35ª OVIBEJA, seria oportuno que o novo Executivo Camarário esclarecesse as suas posições sobre:

31ª Ovibeja 037.jpg

- a importância do seu relacionamento com a a ACOS e se considera estratégica a cooperação entre as duas entidades para o desenvolvimento do Concelho de Beja;

- se pretende manter a gestão do Parque de Feiras e Exposições de Beja assumida por protocolo assinado no anterior mandato e, caso afirmativo, quanto vai cumprir as responsabilidades da gestão, manutenção e dinamização daquele equipamento;

- a importância que atribui à OVIBEJA e ao seu envolvimento na afirmação e aproveitamento de todo o potencial da Feira na promoção de Beja e da Região;

- se pretende manter a organização, o formato e o nível de investimento / custos da RURALBEJA ou se admite e em que condições "devolvê-la" à ACOS;

- a proposta da ACOS de atribuir o nome de Manuel de Castro e Brito ao Parque de Feiras e Exposições de Beja.

 

DECLARAÇÃO DE INTERESSES: Embora trabalhe na ACOS e na OVIBEJA, não tenho nelas quaisquer responsabilidades a nível da Direcção, pelo que as questões que aqui coloco são da minha exclusiva responsabilidade.

 

 

CÂMARA DE ALVITO ATIBUI LOTES PARA HORTAS SOCIAIS EM VILA NOVA DA BARONIA

imgLoader.ashx.jpg

Até ao próximo dia 15 de Março estão abertas as candidaturas ao Concurso para atribuição de 10 lotes de terreno, com 100 m2, das Hortas Sociais de Vila Nova da Baronia.

Os munícipes poderão cultivar neste espaço produtos hortícolas e frutícolas, plantas medicinais, aromáticas e condimentos e, simultaneamente, usufruir de áreas de convívio e descanso.

A instalação de utilização de espaços agrícolas para as Hortas Sociais é uma iniciativa do Município de Alvito e constituem um complemento ao orçamento familiar, servem um propósito pedagógico ao promover as boas práticas agrícolas e a agricultura biológica e incentivam a produção, a preservação e o conhecimento da natureza.

Consulte as normas de funcionamento ou solicite as mesmas na Junta de Freguesia de Vila Nova da Baronia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds