Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

OBRAS ARRANCAM NA IC1 ENTRE ALCÁCER DO SAL E GRÂNDOLA

estarda_ic1_1_760_1000.jpg

A Infraestruturas de Portugal adjudicou a empreitada de requalificação do troço do IC1 entre Alcácer do Sal e Grândola.

A intervenção envolve um investimento de 4,6 milhões de euros e visa a requalificação de 15,7 quilómetros do IC1, entre Alcácer do Sal, no entroncamento com a EM120, e Grândola Norte, no entroncamento com o IC33, e tem um prazo de execução de 270 dias.

APDA FAZ INVESTIMENTOS NO ROXO E EM ALMODÔVAR E OURIQUE

041 - Cópia.JPG

Já foi publicado em “Diário da Republica” a obra de remodelação da Estação de Tratamento de Água do Roxo (ETA), em Aljustrel, bem como a beneficiação da linha de tratamento, com a inclusão de novas etapas, num investimento de três milhões e 800 mil euros, a cargo da Águas Públicas do Alentejo, S. A. Estas duas obras têm como objetivo otimizar o processo de tratamento da água para consumo, regulando a sua qualidade. Recordamos que esta obra é uma reivindicação antiga dos municípios de Beja e Aljustrel. Por outro lado, a empresa lançou concurso para a realização de obras de expansão da rede, nos concelhos de Ourique e Almodôvar, num montante de dois milhões e 500 mil euros.

GOVERNO DEU LUZ VERDE A CENTRAIS FOTOVOLTAICAS NO ALENTEJO

naom_57908b87af7cd.jpg

O Governo deu luz verde a seis centrais fotovoltaicas, no Algarve e no Alentejo, com uma potência instalada de 229 Megawatt (MW), que representam um investimento potencial, a preços de mercado, de cerca de 206 milhões de euros.

Entre os novos projetos, quatro centrais - em Ferreira do Alentejo, Moura (2) e em Lagos  - serão promovidas pela Hyperion Energy Investments, com uma capacidade global de 132 MW. A maior central agora aprovada, com uma capacidade de 48,9 MW, é um projeto da Goldiport Solar e fica no concelho de Lagoa, no Algarve. O sexto projeto é a central fotovoltaica de Viçoso, da Goldnalco, com 48MW, em Alcoutim.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Isso é que seria mostrar coragem, coerência e verd...

  • Anónimo

    Uma sugestão, para o João Dias: na votação do orça...

  • Anónimo

    E mesmo assim o camarada Jerónimo aprovou o dito o...

  • Tudo Mesmo

    Eia, que Linda

  • Anónimo

    Disparate , sim!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds