Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

É preciso separar o trigo do joio e pôr ordem nisto

A dívida total dos municípios à empresa Águas de Portugal (AdP) é de 338 milhões, mas só há dois processos em tribunal, um deles é o do Fundão.

Entre os maiores devedores à AdP há cinco autarquias acima dos 10 milhões de euros: Loures, Albufeira, Évora, Chaves e Lisboa. Segue-se o Fundão, com uma dívida de 8 milhões de euros, e cujo presidente, o social-democrata Manuel Frexes, foi agora nomeado para o Conselho de Administração do grupo.

 

Existem autarcas que têm estado a usar a AdP para financiar a actividade das suas autarquias, ultrapassando, desta forma, a impossibilidade de obter empréstimos bancários. E um deles, dos que mais deve, foi premiado com a nomeação para administrador da AdP. Isto mostra bem a situação a que o governo anterior deixou isto chegar e mostra também como este premeia os incumpridores…

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

  • Anónimo

    Factos são factos. Palavras para quê??!

  • Anónimo

    "os filhos da casa" vão resolver o assunto!...o qu...

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds