Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

DIVULGADAS PROPOSTAS VENCEDORAS DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DE ODEMIRA

Zé LG Zé LG, 17.12.17

151220171034-141-CMO_9187.jpg

Após a votação da população do concelho de Odemira, surgem quatro propostas vencedoras do Orçamento Participativo (OP) de Odemira de 2017, que vão ser incluídas no Orçamento Municipal de 2018 e executadas, no valor total de 500 mil euros.

Na categoria das propostas para freguesias com menos de 1500 habitantes, as vencedoras são “Beneficiação do Pavilhão de Festas da Junta de Freguesia e Colocação de Painéis Solares no Edifício Sede da Junta (Sabóia)” e “Parque de Autocaravanismo na Freguesia de Santa Clara”.

“Amar os Outros” e “Melhoramento geral do campo do Boa Esperança, na Boavista dos Pinheiros” são as vencedoras, na categoria das propostas para freguesias do litoral ou com população superior a 1500 habitantes.

Um total de 1942 cidadãos, com idades a partir dos 16 anos, votou no OP de Odemira, durante os meses de outubro e novembro, em 13 propostas de investimentos públicos, no valor máximo de 125 mil euros cada.

ENFERMEIROS DA ULSBA PUBLICAM ARTIGO EM REVISTA INTERNACIONAL

Zé LG Zé LG, 17.12.17

O artigo “Enfermagem de Reabilitação e a Acessibilidade da Pessoa com Incapacidade”, publicado na última edição da RIASE, Revista Ibero-americana de Saúde e Envelhecimento, teve como co- autores Paulo Silva e Luís Ribeiro, Enfermeiros da Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente, e Susana Góis, Enfermeira do Serviço de Especialidades Médicas da ULSBA.

“Este trabalho pretende reflectir sobre os direitos das pessoas com incapacidade e sobre o papel dos profissionais na acção global da reabilitação (…). Pretende, igualmente, mobilizar e reflectir estratégias para a promoção da acessibilidade”, explica a ULSBA.