Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
12
Dez 17

582px_d37215126669613079be6b.jpg

publicado por Zé LG às 18:00
12
Dez 17

carmim.png

Quem o assegura são os dados resultantes do estudo TGI da Marktest.

Foram cerca de metade os participantes do estudo que dizem preferir o vinho alentejano, logo seguido dos vinhos com origem no Porto e no Douro.

O estudo revelou ainda que a maior parte das pessoas tem maior preferência pelos vinhos das suas próprias regiões.

publicado por Zé LG às 12:47
12
Dez 17

280420141255-245-REGADIODOALQUEVAIMAGEM.jpg

Estas jornadas, com início marcado, para as 10.00 horas, no auditório da EDIA, pretendem ser um fórum de divulgação de projectos de investigação em curso e os novos avanços técnicos das empresas, bem como perceber as necessidades dos produtores ao mesmo tempo que se proporciona um momento de contacto entre utilizadores, empresas e a investigação.
A EDIA afirma que agricultura de regadio é hoje uma actividade complexa que requer informação e ferramentas de apoio que permitam ao regante realizar a sua actividade de forma sustentável e que estas jornadas decorrem num contexto de constante inovação tecnológica e de alterações climáticas que afectam a produção agrícola.

publicado por Zé LG às 08:49
12
Dez 17

Uma reportagem de Ana Dias sobre a Raríssimas, trouxe à luz do dia um conjunto alargado de procedimentos da sua presidente Paula Brito da Costa que, a confirmarem-se, mostram como o uso e abuso do poder por parte de algumas pessoas as faz cometer os crimes mais atroses. Desde o primeiro momento em que vi a reportagem que me preocupou o risco deste caso poder levar a opinião pública a, "metendo tudo no mesmo saco", confundir o importante papel desempenhado pela Raríssimas com o desempenho eventualmente criminoso e imoral da sua presidente e tender a considerar que em todas as instituições similares existirão situações como esta. Ora, o que se passa na realidade não é isso. A maioria das instituições são geridas de forma exemplar e a esmagadora maioria dos seus dirigentes e outros colaboradores dão o que têm e não têm para que elas alcancem os seus objectivos. Por todas as razões e também por esta, este caso deve ser exemplarmente investigado e jugado de forma a ser asseguardo o bom nome das instituiões e dos seus dirigentes e colaboradores.Porque dificilmente conseguiria expressar melhor o que penso relativamente a uma nota publicada pela "Direcção" da Raríssimas no FB, entretanto retirada, do queAndré Rica escreveu AQUI, publico na íntegra o seu texto, que sugiro que leiam.   À Presidente da Rarissímas, Paula Brito da Costa, não se preocupe, CONCORDO CONSIGO!

 

publicado por Zé LG às 00:02
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
27
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Mais que verdade, infelizmente! Uma feira sem cham...
Entretanto li um outro comentário, não sei de que ...
Onde está isso da "falta de fraldas"?
Assim não vale...vir para aqui gabar-se que no seu...
Puxa Drª até na falta de fraldas a Drª é "pioneira...
o Sr Deputado João Dias, que há poucos dias deixou...
Nova Tróia,ainda pior que a outra no hospital.
25 de ABRIL sempre! Excelente dia da Liberdade, Zé...
O governo de Adalberto e Centeno sacrificam o SNS ...
No hospital a palavra de ordem é não há no armazém...
Difícil é entender porque é que certos intelectuai...
Esse é o lema na ULSBA
O bom funcionário vive feliz e saudável, quando to...
às 11H00?
blogs SAPO