Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“COMEMORAÇÃO DA VIDA E DA MORTE” ESTA NOITE EM BEJA

Zé LG, 23.11.17

MuseuSembrano.jpg

Os ciclos da vida, o vinho, o S. Martinho e a mitologia romana adaptada aos nossos dias são algumas das propostas para a conferência desta noite, no Núcleo Museológico da Rua do Sembrano, em Beja.

Denominada “Comemoração da Vida e da Morte”, a iniciativa está marcada para as 21 horas e conta com a presença de Filomena Barata, especialista em arqueologia e do arqueólogo Miguel Serra.

Florival Baiôa, presidente da ADPBeja- Associação para a Defesa do Património da Região de Beja explica que a conferência é a “introdução a 2018”, uma vez que no próximo ano comemora-se “o ano europeu do património”.

NERBE/AEBAL ASSINALA 30º ANIVERSÁRIO

Zé LG, 23.11.17

221120172245-942-Nerbe30Anos.jpg

Apoiar as empresas da região, tem sido o principal objectivo ao longo destes 30 anos, Filipe Pombeiro, presidente do NERBE/AEBAL, afirma que este aniversário é um marco importante na história da associação e destaca o papel que tem tido no território onde está implementada.
As comemorações incluem, às 17.30 horas, a realização de uma mesa redonda subordinada ao tema “Perspectivas Sócio-Económicas Para O Futuro do Baixo Alentejo”.
Depois da mesa redonda, segue-se, às 20.00 horas, um jantar convívio, para homenagear os ex-presidentes do NERBE/AEBAL e os associados com mais de 10 anos de filiação.

VIABILIZAÇÃO DE SERVIÇOS CLÍNICOS NO HOSPITAL DA MISERICÓRDIA DE SERPA EM NEGOCIAÇÃO

Zé LG, 23.11.17

HospitalSaoPaulo-1856.jpg

O Ministério da Saúde, a Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARS Alentejo) e a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (Ulsba) estão a negociar com a Santa Casa da Misericórdia de Serpa (SCMS) uma solução que viabilize a manutenção dos serviços clínicos naquela cidade da margem esquerda do Guadiana.
Na sequência da denúncia por parte da Santa Casa da Misericórdia de Serpa do acordo de cooperação assinado em novembro de 2014 por esta entidade, a ARS Alentejo e a Ulsba, e que visava melhorar a acessibilidade e aumentar a oferta de cuidados de saúde à população, as várias entidades referidas e o Ministério da Saúde estão a negociar “um acordo transitório” que assegure o funcionamento daquela unidade de saúde até ao fim do ano, disse ao “Diário do Alentejo” a provedora Maria Ana Pires.
Segundo a responsável da SCMS, em causa está o destino de uma dezena de funcionários, entre técnicos administrativos, assistentes operacionais e enfermeiros, bem como o pagamento dos transportes.