Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

CLIP ASSINA "ACORDO TRIPARTIDO" COM CDU E PSD PARA ASSEGURAR ESTABILIDADE GOVERNATIVA DO MUNICÍPIO DE PORTALEGRE

cm portalegre.jpg

O CLIP assinou um “acordo tripartido” com a CDU e o PSD para conseguir estabilidade governativa, dado não ter maioria absoluta, quer na Câmara, quer na Assembleia Municipal Portalegre.

O acordo foi subscrito pelos três eleitos do CLIP para a Câmara de Portalegre, Adelaide Teixeira, Nuno Lacão e João Cardoso, e pelos eleitos da CDU, Luís Pargana, e do PSD, Armando Varela, e estabelece a atribuição de mandatos de vereação a tempo inteiro, com a atribuição de pelouros a todos os signatários.

CÂMARA DE ALJUSTREL PROMOVE RECONVERSÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA PARA LED

AljustrelEnergia.jpg

Aljustrel tem em curso o Plano Integral de Reconversão de Iluminação Pública para LED. O município assume-se como o primeiro a sul do país a avançar com a reconversão total.

O Secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, que esteve na assinatura dos contractos que permitem a reconversão de luminárias com tecnologia convencional por tecnologia LED, no concelho de Aljustrel, considerou que o país “tem um potencial extraordinário na energia renovável” e afirmou que “ter medidas de eficiência energética e os municípios a liderá-las (…) é em excelente exemplo”.

O Governante lembrou que “há um conjunto significativo de medidas, quer a nível de apoios comunitários, quer ao nível de apoios do Ministério da Economia para ajudar as famílias e as empresas a fazerem melhor eficiência energética e a poupar energia”.

MUNICÍPIO DE OURIQUE E ACPA CRIAM COOPERATIVA DO PORCO ALENTEJANO

170420141648-890-PORCOEMMONTADO.jpg

Marcelo Guerreiro, presidente da Câmara Municipal de Ourique, afirma que a criação da cooperativa (PACOOP-Cooperativa do Porco Alentejano ) é mais um passo para a afirmação de Ourique como capital do Porco Alentejano.

A autarquia de Ourique, recorda que “a aposta na fileira do porco alentejano tem sido uma realidade fundamental para a economia local e para a afirmação de Ourique como Capital do Porco Alentejano” e que “no quadro de consolidação desta opção estratégica, o Município e a ACPA-Associação de Criadores do Porco Alentejano têm trabalhado para consolidar a estratégia, ampliar a fileira e lançar sementes para um futuro melhor, mais sólido e com novas oportunidades para o sector e para o mundo rural”.

Combater o despovoamento e a desertificação do Alentejo

Há muitos grandes investimentos em curso no Alentejo.

Uns são resultado da iniciativa privada, outros da responsabilidade do Estado e outros, ainda, de parcerias público-privado.

Uns são completamente nacionais, outros completamente estrangeiros e outros, ainda, integram as duas componentes.

Alguns já estão a ser concretizados no terreno, outros estão em projecto, em diferentes fases, e outros ainda estão em fase de pré-projecto.

Os PIN’s – Projectos de interesse Nacional, a revisão de PDM’s e de outros planos de ordenamento têm facilitado o aparecimento e aprovação de muitos desses projectos.

Muitos outros projectos poderiam já estar no terreno não fora o atraso, de mais de um ano, registado na entrada em funcionamento pleno do QREN e do Programa Operacional do Alentejo e na consequente aprovação de financiamentos.

Entretanto, se apreciarmos bem como esses investimentos são implantados no terreno e, depois, como são ou vão ser explorados concluiremos que as consequências para a dinamização da economia local, mas, principalmente, para a criação de emprego e uma maior justiça social na região não são tão significativas como se poderia esperar.

 

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Porquê?

  • João Espinho

    @nónimo 17.09.2019 07:25 - estranho seria se o ...

  • Anónimo

    Qual dos porquinhos?

  • Anónimo

    O que é estranho é o desinteresse do DA pelo tema.

  • Anónimo

    Muitos daqueles que foram bater palminhas ao Antón...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds