Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ÉVORA INTEGRA REDE MUNDIAL DE EMPRESAS AMIGAS DO AMBIENTE

gttt.jpg

Por iniciativa de uma associação cívica alentejana, a Alentejo de Excelência, a cidade de Évora vai passar a integrar um movimento mundial de empreendedores e de organizações cívicas empenhadas em divulgar "soluções de negócios verdes que combatam as alterações climáticas" e capacitar os "eco-empreendedores".

Estamos a falar da Global Week of Green Business and the Climate Movement, que existe desde 2015 e que integra agora Évora, a par de Paris, Berlim, Tóquio, Cidade do Cabo, Lisboa, Barcelona, Sevilha, Santiago do Chile, Oviedo, Rabat, Panamá, Medellin ou Atenas, entre outras.

Este movimento, através das suas iniciativas procuram criar uma rede de empreendedores ecologicamente responsáveis e empenhados em implementar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e do Acordo de Paris.

A Alentejo de Excelência está a preparar um encontro sobre o tema e que decorrerá entre 16 a 22 de Outubro.

ELVAS RECEBE INVESTIMENTO CHINÊS PARA PARQUE INDUSTRIAL E TECNOLÓGICO

unnamed_52.jpg

Produzir produtos agrícolas alimentícios e medicinais na Medicina Tradicional Chinesa; preservar patrimónios não-materais reconhecidos pelo Unesco, criar uma base logística tendo como centro Portugal e com ramificações que abranjam a União Europeia, América do Sul e África; proporcionar a formação a investidores chineses.

Eis alguns dos objectivos do futuro “European Global Commodity Services Centre” a instalar-se em Elvas, resultado de investimento chinês da "Prospect Time International Investiment" e cujo memorando de entendimento foi ontem assinado entre Nuno Mocinha, presidente do município de Elvas e Chen Chunsheng, representante da empresa de investimentos.

O projeto vai ser implementado em Vila Fernando, nas instalações do antigo Centro Educativo, numa área de 100 hectares”, afirmou Nuno Mocinha, acrescentando que “hoje se deu corpo ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido para readaptar o espaço que se encontra abandonado há anos, com o objetivo de dar-lhe vida”.

A primeira fase da implementação do projeto passa pela delineação do Plano de Pormenor, em conformidade com o Plano Diretor Municipal de Elvas, para a construção, em conjunto, do European Global Commodity Service Centre e do Parque Natural de Zonas Húmidas.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O anti-maçonismo é como o anti-comunismo. Ambas as...

  • Anónimo

    Os populismos apenas surgem por incompetencia dos ...

  • Anónimo

    Há, mas são verdes.

  • Anónimo

    Avisa-se a todos aqueles que diziam, dizem e escre...

  • Anónimo

    PARABENS PAULO ARSENIO , novo Elefante Branco no P...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds