Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

RISCO DE QUEDA DE FRAGMENTOS OBRIGA A INTERVENÇÃO URGENTE NO TEMPLO ROMANO DE ÉVORA

Zé LG, 15.08.17

templo_romano-360x300.jpg

O Templo Romano de Évora vai receber uma intervenção urgente de conservação e restauro por existir o risco iminente de queda de fragmentos de pedra.

Trata-se de uma intervenção urgente que não estava planeada, mas a sua necessidade decorre do facto de na monitorização que fazemos ao monumento ter sido identificado um risco iminente e muito alto de queda de materiais pétrios do templo, sobretudo ao nível dos capitéis”, explicou a diretora regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira.

A responsável disse que a intervenção visa “evitar, quer a perda irreversível de partes do monumento, quer algum acidente, que, eventualmente, podia vir a ocorrer”.

As obras, que arrancaram na passada sexta-feira e que têm conclusão prevista para dentro de quatro meses, são promovidas pela Direção Regional de Cultura do Alentejo (DRCAlen) em articulação com a Câmara de Évora.