Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

CLASSE MÉDICA À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS

Ana_Matos_Pires-1837.jpg

Burnout. Queimado, se traduzido à letra. Exausto, se associado à saúde. Burnout é uma síndrome, e não uma doença, que foi descrita em 1974 por um psicólogo alemão, radicado nos Estados Unidos, de nome Herbert Freudenberger, que ligava a fadiga ao modo de vida. Quarenta e dois anos depois foi apresentado um estudo, sob a chancela da Ordem dos Médicos, realizado pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, sobre precisamente a síndrome de Burnout entre a classe médica. Falamos de uma condição que, além de estar a afetar um grande parte desta classe profissional, está já a ter reflexos na vida de muitos portugueses, cujo ritmo de vida acaba por se tornar insuportável.
Texto Natacha Lemos Foto José Ferrolho, in: Diário do Alentejo.

“GRANDE PROCURA” OBRIGA CÂMARA DE FERREIRA A ALARGAR PARQUE DE EMPRESAS

110720171659-418-ParqueFerreira_.jpg

A Câmara de Ferreira do Alentejo vai ampliar o Parque de Empresas, devido à “forte procura” de terrenos pelos empresários.

Para o efeito, a Câmara viu aprovada, pela Assembleia Municipal, a contratação de um empréstimo de longo prazo na ordem dos 1,8 milhões de euros.

O município encara este investimento “como incontornável para o futuro acolhimento de empresas e consequente promoção do Desenvolvimento Económico”.

Aníbal Costa, presidente da Câmara de Ferreira, sublinha que sem recurso ao crédito o Município não tinha condições para avançar com a obra.

CENTRO UNESCO ABRE HOJE AS PORTAS HOJE EM BEJA

110720171659-122-UNESCO_.jpg

Protocolado a 6 de junho de 2016, o Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial em Beja (CEUSPCI) abre hoje, as suas portas, no edifício emblemático do antigo Clube Bejense.

Para esta quarta-feira, dia de inauguração, a Câmara de Beja preparou um vasto programa de atividades, que começa às 09.00 horas, com o atelier para crianças “Artes e Ofícios d’Antigamente” e que continua às 18.00 horas, com uma cerimónia, no edifício do antigo Clube Bejense, Rua do Sembrano. Nesta data é feita ainda, a apresentação da exposição fotográfica Cante: Alma do Alentejo, da foto-jornalista Ana Baião e haverá um apontamento musical a cargo das Vozes Búlgaras Angelite e Cantadores do Desassossego, que atuam neste mesmo dia, pelas 22.00 horas, na Praça da República, com a participação de António Zambujo.

Foto DAQUI.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O anti-maçonismo é como o anti-comunismo. Ambas as...

  • Anónimo

    Os populismos apenas surgem por incompetencia dos ...

  • Anónimo

    Há, mas são verdes.

  • Anónimo

    Avisa-se a todos aqueles que diziam, dizem e escre...

  • Anónimo

    PARABENS PAULO ARSENIO , novo Elefante Branco no P...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds