Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

SARA RAMOS CANDIDATA DA CDU À CÂMARA DE ODEMIRA

Zé LG Zé LG, 27.04.17

201704241004181.jpg

A fisioterapeuta Sara Ramos, de 30 anos, vai ser a candidata da CDU à presidência da Câmara de Odemira nas eleições Autárquicas agendadas para o próximo dia 1 de Outubro.
Licenciada em fisioterapia, Sara Ramos é directora-técnica de respostas sociais na Associação de Reformados Pensionistas e Idosos da Freguesia de São Teotónio, além de ser co-fundadora da Plataforma Social de Odemira e presidente da Comissão Permanente do Conselho Municipal da Juventude de Odemira.
Membro da Comissão Concelhia de Odemira do PCP, Sara Ramos foi vereadora em substituição pela CDU na Câmara de Odemira durante o presente mandato 2013-2017 e integrou as listas da CDU nas Legislativas de 2015.
A candidatura de Sara Ramos à Câmara de Odemira foi aprovada pelo PCP na passada semana. A apresentação oficial decorrerá no próximo dia 30 de Abril, num almoço em Odemira.

PSD DE ALMODÔVAR DE CANDEIAS ÀS AVESSAS COM DISTRITAL, ÓRGÃOS NACIONAIS E IPA

Zé LG Zé LG, 27.04.17

O presidente da concelhia de Almodôvar do PSD não poupa críticas à distrital de Beja do partido e aos Independentes por Almodôvar.

O compromisso entre a concelhia do PSD de Almodôvar e o movimento Independentes por Almodôvar (IPA) previa como cabeça de lista à Câmara António Sebastião (IPA), seguido de Fernando Palma (PSD) e Sílvia Batista (IPA).

Por decisão da distrital “laranja”, Fernando Palma, número dois da lista aprovada pela concelhia e pelo IPA, foi substituído por Ricardo Colaço, vereador do PSD, que estabeleceu um acordo com o PS no actual mandato.

O PSD de Almodôvar acusa os Independentes de aceitarem a proposta da distrital “traindo assim a confiança cimentada com a concelhia ao longo de mais de dois anos de diálogos e negociação”.

O presidente da concelhia de Almodôvar do PSD assegura que o caso foi denunciado aos órgãos nacionais do partido onde “impera o silêncio, a indiferença e a falta de consideração pelas estruturas de secção” e acusa a distrital de “violar grosseiramente os estatutos do PSD”.

A concelhia de Almodôvar do PSD diz-se “ferida na sua dignidade, ultrapassada e esvaziada de competências”. Nesse sentido, anuncia a “denúncia unilateral do referido acordo entre o PSD de Almodôvar e o IPA por violação do mesmo por parte dos Independentes”.

Ler AQUI e AQUI.