Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
10
Abr 17

Não me parece útil a personalização da crítica mas, na verdade, as capacidades de comunicação de João Rocha foram uma menos valia na discussão.

De qualquer modo, mais importante que isso, para mim, foi a conclusão da diminuta força de lobbying político da região em grande parte devida à desunião das diferentes forças políticas e dos seus agentes locais.

Estou em Beja parcialmente e há muito pouco tempo mas essa constatação tem sido das piores coisas que por aqui encontrei. Uma região extensa, com baixa densidade populacional e de acessos muito difíceis tem sempre muito mais dificuldade em se fazer ouvir, se a isso juntarmos a presença de um caciquismo local poderoso e um precário exercício de cidadania a tendência é piorar. Iniciar e manter querelas de pequena política não é um meio razoável e eficaz para melhorar o estado das coisas. E ó se Beja - cidade e distrito - merece e precisa.

PS: Gosto desta terra, gosto das gentes desta terra que tão bem me têm tratado.

Ana Matos Pires a 9 de Abril de 2017 às 13:11, AQUI.

publicado por Zé LG às 12:41
10
Abr 17

16105882_701160860064681_2667404642906728659_n.jpg

O convidado é Carlos Fonseca, Professor Associado do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro.

“A valorização dos recursos endógenos” é o tema da palestra agendada para hoje, as 15h30 no auditório da Escola Superior Agrária de Beja

O investigador vem falar da sua experiência e das suas investigações na área cinegética e produção de medronho, explica Liliana Marum, Investigadora principal do CEBAL.

publicado por Zé LG às 08:56
10
Abr 17

070420171106-800-SOMINCOR2.jpg

Os secretários de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, Ambiente, José Mendes e Internacionalização, Jorge Costa Oliveira visitam a Somincor-Sociedade Mineira de Neves Corvo, hoje, às 10:00 horas, com o objectivo de conher os projectos futuros da Empresa. Recorde-se que na Mina de Neves Corvo há a extracção de cobre, zinco e chumbo, que são exportados para todo o Mundo.
Neste ano de 2017, o objectivo, segundo a Lundin Mining, empresa sueco-canadiana que é proprietária da Somincor, concessionária da minas de Neves Corvo, é que exista um aumento na produção de zinco e uma diminuição na extracção de cobre.

publicado por Zé LG às 00:28
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Chover no molhado...
como a ulsba..., sem rei, sem roque, sem presente...
Tomar banho em charcas sempre foi um perigo. Não é...
Não se preocupe, que as aves possuem uma capacidad...
Sr. Presidente Paulo Arsenio o que se passa com os...
Tenho uma dúvida, será que com a praia cheia de pe...
Toino João!...
Belíssimo cartaz!
Pseudo anónimo das 14.00, não tenho procuração do ...
Quem ainda mantém este esquema de análise - a ilus...
O Dr. Munhoz Frade não tem a receber lições de mor...
Quem se atreve a mandar postas de pescada a quem s...
A propósito de opção de classe: qual foi a opção q...
Anónimo das 14:00h: quem não assume a identidade p...
Estou a ver-te de mãozinha estendida a tentar toca...
blogs SAPO