Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

REGUENGOS DE MONSARAZ VAIS SER PRIMEIRO DESTINO TURÍSTICO INTELIGENTE EM PORTUGAL

untitled_design_22.pngReguengos de Monsaraz, no Alentejo Central, vai ser o primeiro destino turístico inteligente em Portugal, através da implementação de um sistema de sinalização e informação turística inteligente no concelho, baseado numa nova tecnologia com dispositivos eletrónicos denominados “beacons”. Estes dispositivos serão colocados nos postos de turismo e nas placas de sinalização turística pedonal e vão fornecer informação atualizada aos turistas através de BLE – Bluetooth Low-Energy para smartphones.

Reguengos de Monsaraz é assim o  primeiro destino turístico inteligente do país e o segundo em toda a europa já que o município espanhol de Aranda de Duero tem este sistema instalado desde 2014, tornando-se no primeiro local na Europa a transmitir informação aos turistas através de “beacons”.

FENAREG ALERTA PARA FALTA DE ÁGUA NAS ALBUFEIRAS DO ALENTEJO PARA A CAMPANHA DE REGA DE 2017

018.JPG

Segundo a Federação Nacional de Regantes de Portugal, o terceiro ano consecutivo de precipitação inferior ao normal agrava o armazenamento das albufeiras do Alentejo, onde as disponibilidades não ultrapassam os 40% do volume total. 

Na bacia hidrográfica do Sado ocorrem os registos mais críticos, com volumes armazenados úteis nas albufeiras de Odivelas e do Roxo de 6% e 10%, respetivamente. Os Perímetros de Rega do Vale do Sado, Campilhas e Vigia também apresentam limitação hídrica para a campanha de rega deste ano. 
Segundo a Federação Nacional de Regantes de Portugal, a solução é o reforço de água das albufeiras através do sistema de Alqueva, onde existe disponibilidade hídrica. 
Segundo a Fenareg, na campanha do ano passado esse reforço foi já uma realidade, no entanto a viabilidade desse recurso continua por definir, devido à falta da legislação que estabelece o preço da água a estas situações condiciona a decisão dos agricultores. 
O tema do preço da água de Alqueva, aos Regantes e às Associações, foi levado ao Ministério da Agricultura, por parte da Fenareg, resultando a promessa, do Ministro da Agricultura, de baixar o preço da água no primeiro trimestre de 2017.

ÁLVARO AZEDO CANDIDATO DO PS À CÂMARA DE MOURA

3674_big.jpg

Álvaro Azedo, actual Presidente da União de Freguesias de Moura e Santo Amador, é o nome escolhido pela Comissão Política Concelhia de Moura do Partido Socialista, para cabeça de lista candidata à Câmara Municipal de Moura, nas eleições de Outubro.

Álvaro Azedo, 43 anos, funcionário público, começou a sua atividade política, na qualidade de eleito, em 1997, na Assembleia Municipal de Moura, e na Assembleia de Freguesia de Santo Agostinho.
 Nas eleições autárquicas de 2001 e 2005, foi eleito vogal do executivo da Freguesia de Santo Agostinho. Em 2008, assumiu a presidência da Freguesia de Santo Agostinho, após o falecimento de António Ramos, presidente eleito. Nas autárquicas de 2009, foi eleito presidente da Freguesia de Santo Agostinho, e em 2013, foi eleito presidente da União de Freguesias de Moura e Santo Amador. 

No período 2006-2009, exerceu as funções de Presidente da Comissão Política Concelhia do Partido Socialista, em Moura. 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Porquê?

  • João Espinho

    @nónimo 17.09.2019 07:25 - estranho seria se o ...

  • Anónimo

    Qual dos porquinhos?

  • Anónimo

    O que é estranho é o desinteresse do DA pelo tema.

  • Anónimo

    Muitos daqueles que foram bater palminhas ao Antón...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds