Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

AGDA VAI INVESTIR 5 MILHOES DE EUROS NA CONSTRUÇÃO DE NOVA ETAR EM BEJA

O investimento a realizar nesta nova ETAR de Beja é da responsabilidade da AgdA - Águas Públicas do Alentejo e ronda os 5 milhões de euros.

Esta nova infraestrutura foi dimensionada para servir toda a cidade de Beja, com uma capacidade para tratar diariamente 5 000 m3 de águas residuais urbanas e vai permitir desativar duas ETAR que, pela sua tecnologia e dimensionamento, são incapazes de tratar adequadamente esses efluentes.

A nova ETAR de Beja vai, igualmente, permitir o cumprimento da Diretiva de Águas Residuais Urbanas no que aos esgotos da cidade de Beja diz respeito, contribuir para a resolução do contencioso comunitário existente e para a melhoria da qualidade do ecossistema fluvial da bacia hidrográfica da Albufeira do Roxo, de acordo com as Águas Públicas do Alentejo.

PARQUE FLUVIAL DO GUADIANA COM DOIS PROJECTOS ADJUDICADOS POR DUAS CÂMARAS AO MESMO GABINETE?

A mesma adjudicação à mesma empresa, uma em 2010 outra em 2017.
Como o parque fluvial não foi construído, será que a Câmara de Serpa pagou o projecto de 98 600 euros? O presidente Tomé Pires podia esclarecer isto.
E se a empresa fez esse projecto, agora vai fazer outro novo para a Câmara de Beja por 109 mil euros ou aproveita o de 2010?

Projecto de 2010 para Serpa : https://www.racius.com/elaboracao-do-projecto-do-parque-fluvial-do-guadiana/
Projecto de 2017 para Beja : http://www.base.gov.pt/Base/pt/Pesquisa/Contrato?a=3077750

Comentário de Anónimo a 6 de Março de 2017 às 10:10, AQUI.

 

Deve haver uma explicação para esta situação. Não é o mesmo Parque? Não é o mesmo projecto? A primeira adjudicação não foi executada? É uma obra intermunicipal e este novo projecto completa o anterior?

Espera-se que as Câmaras Municipais de Beja e Serpa esclareçam a situação para que não restem dúvidas sobre o que efectivamente se passou e está a passar com este caso.

JF REQUALIFICA TERREIRINHO DAS PEÇAS

060320171114-163-terrerinhodaspeas.jpg

A Junta de Freguesia da União das Freguesias de Salvador e Santa Maria da Feira está a realizar obras de requalificação do Terreirinho das Peças e zonas envolventes, em Beja.

São vários os funcionários da Junta de Freguesia que estão a executar trabalhos de recuperação das paredes e de pintura que incluem o próprio miradouro, as escadarias e os muros envolventes no Terreirinho das Peças.
Maria de Jesus Ramires, presidente da Junta de Freguesia, afirma que estes trabalhos fazem parte de um projecto mais alargado que inclui também a Câmara Municipal de Beja, tendo em vista a beneficiação de vários locais do centro histórico.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Porquê?

  • João Espinho

    @nónimo 17.09.2019 07:25 - estranho seria se o ...

  • Anónimo

    Qual dos porquinhos?

  • Anónimo

    O que é estranho é o desinteresse do DA pelo tema.

  • Anónimo

    Muitos daqueles que foram bater palminhas ao Antón...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds