Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

FINALMENTE, CHEGAM OS TERAPEUTAS À ESCOLA

15925648_w2l9F.jpeg

Dois meses depois de iniciado o ano lectivo e eis que só agora chegam os terapeutas à escola, que vão trabalhar com as crianças com necessidades especiais de educação. Ou seja, estas crianças que necessitam desses apoios especiais para conseguirem algum desenvolvimento psicomotricional estiveram cinco (!!!) meses - três de férias e dois de aulas -, sem contar com eles. 

Este parece ser o novo normal da educação especial. Neste tempo todo, não houve tempo para uma palavra aos pais destas crianças sobre as razões do atraso na colocação dos terapeutas. Nem da parte do governo, nem do Ministério da Educação, nem da DREA, nem da direcção do agrupamernto escolar, nem da direcção da escola, nem da instituição que contratualizada para assegurar esses apoios. Nem sequer também da Autarquia, que, depois de ter informado que tinha feito tudo o que lhe competia para que o ano lectivo começasse bem e que esse e outros problemas eram da responsabilidade do governo, passou ao lado do problema. 

Será esta a política e a prática de inclusão de que, tanto se fala, principalmente nas campanhas eleitorais?!... 

(Ilustração de Susa Monteiro no Diário do Alentejo)

AO QUE ISTO CHEGOU...

«vou enviar o teu post aos Amigos do PNR aqui em beja, vão-te fazer a folha "dra"»

Comentário de Anónimo a 13 de Novembro de 2016 às 22:17,

 

em resposta ao comentário de

«Do mural do FB de uma amiga do LIVRE, há 15 min "Bem, estamos na sede do LIVRE no debate Como Combater o Trumpismo e o PNR cercou-nos! Quiseram entrar a toda força e agora estão com as bandeiras no ar! A polícia está a caminho. (E eu morrendo de medo!!!)"

Filhos da puta!»

Ana Matos Pires a 13 de Novembro de 2016 às 17:45

 

e não satisfeito, ainda acrescentou, em resposta a outro comentário de AMP:

«o que é triste é voce ofender aqueles que no dia a dia nos protegem da bandidagem »

Anónimo a 13 de Novembro de 2016 às 23:32

 

AQUI.

Comentários recentes

  • Anónimo

    E o PS não se sente incomodado com a saúde no Dist...

  • Anónimo

    CIDADE DE PANHONHAS...

  • Anónimo

    Agora é passado, mais uma vez. A ULSBA não terá es...

  • Anónimo

    Fazendo uma análise mais profunda verificamos que ...

  • Munhoz Frade

    Sobre o anúncio da criação de Centros de Responsab...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds